Professores ligados ao PT, PCdoB, PSOL, CUT e APLB de Feira de Santana encerram greve após determinação judicial - Observador Independente

Professores ligados ao PT, PCdoB, PSOL, CUT e APLB de Feira de Santana encerram greve após determinação judicial

Compartilhar
Aulas devem ser retomadas na próxima segunda-feira (1º)



Os professores da rede municipal de Feira de Santana, no interior da Bahia, finalizaram a greve, na tarde de sexta-feira (29). A decisão foi tomada pela categoria durante assembleia, um dia depois da Justiça determinar que os professores voltassem ao trabalho. Conforme a decisão judicial, a categoria teria até 24 horas para finalizar a greve, sob multa diária de R$ 10 mil.

De acordo com os professores, as aulas devem ser retomadas na próxima segunda-feira (1º), no entanto, os docentes irão permanecer em estado de mobilização. A greve chegou ao fim após 18 dias.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), a categoria pede um reajuste salarial de 4,7%, uma reformulação do Plano de Carreira Unificado, o aumento da Função Gratificada (FG) dos diretores, que hoje está no valor de R$ 176, e a reabertura das negociações sobre os precatórios do FUNDEF. A campanha salarial foi iniciada em novembro do ano passado.



(Foto: divulgação/APLB)



Post Bottom Ad

VivaABahia