SOB FOGO 🔥🔥 Maia pede que Bolsonaro pare e “peça ao entorno para parar de criticar” - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

Mário

28 de março de 2019

SOB FOGO 🔥🔥 Maia pede que Bolsonaro pare e “peça ao entorno para parar de criticar”

A política brasileira está parecendo novela mexicana. No capítulo desta quarta-feira (27), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pediu ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) que "pare, chega, peça ao entorno para parar de criticar". 

A crítica acontece logo após Maia ter dito que, enquanto o país tem milhões de desempregados e computa milhares de assassinatos todos os anos, Bolsonaro está "brincando de presidir".

"Eu acho que o Brasil perde. A bolsa está caindo, a expectativa dos investidores está ficando menor. Expectativa positiva. Então, ninguém ganha com isso. Eu até faço um apelo ao presidente que pare, chega, peça ao entorno para parar de criticar. Pare de criticar. Vamos governar", pediu o presidente da Câmara. Como resposta, Bolsonaro apenas disse que "não existe brincadeira, muito pelo contrário".

Maia chegou a anunciar, na semana passada, que deixaria a articulação para aprovação da reforma da Previdência. De acordo com "O Globo", ele teria se chateado com críticas feitas a ele nas redes sociais pelo vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ).

"Chega. Está na hora de parar. O Brasil precisa que a gente pare. Agora, é claro, quando você recebe uma crítica, o natural é que a gente faça, tenha uma reação. Mas está errado. Vamos parar. Vamos cuidar do Brasil. O Brasil está precisando. São 12 milhões de desempregados no Brasil. Não é brincadeira", destacou Maia.

A relação entre Maia e Bolsonaro piorou nos últimos dias porque vieram a público as divergências entre os dois sobre a quem cabe a articulação para aprovação da reforma. O primeiro diz que o governo não pode terceirizar a articulação política. Já o segundo afirma que a responsabilidade é do Congresso. Um empurra-empurra nacional.

Post Top Ad

SCB