Aprovados em concurso denunciam descumprimento de acordo com MP-BA, em São Francisco do Conde - Observador Independente

Aprovados em concurso denunciam descumprimento de acordo com MP-BA, em São Francisco do Conde

Compartilhar

Aprovados no concurso público feito pela prefeitura de São Francisco do Conde em 2016 denunciam que ainda não foram convocados pela gestão para assumir as vagas.

***

De acordo com a psicóloga Sara Lima, uma das aprovadas que ainda está à espera de ser chamada, enquanto isso não acontece, os cargos são ocupados por funcionários comissionados, o que violaria um Termo de Ajustamento de Conduta assinado em 2016 entre prefeitura e Ministério Público, que obrigava a administração municipal a fazer concurso público para preenchimento das vagas.
Há vacância de vagas, tanto de quem se aposentou quanto quem pediu exoneração dos cargos. O prefeito fez o concurso, mas demorou para chamar os concursados. A validade foi encerrada em janeiro de 2019, e ele não indica que vai prorrogar. Há relatos de que ele está tentando fazer um novo concurso, 
relatou Sara.

Ainda de acordo com ela, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) tem acompanhado a situação, pedindo que a prefeitura nomeie os aprovados excedentes, mas o prefeito Evandro Almeida (PP) estaria preenchendo as vagas com comissionados por motivações políticas. “A prefeitura está tentando ganhar tempo para colocar as pessoas nessas vagas para troca de votos porque eleição no ano que vem”, denunciou.

Em ação civil pública ajuizada pelo MP em setembro do ano passado, o órgão pediu à Justiça que o Município nomeasse os servidores já aprovados em concursos realizados, respeitando o número de vagas existentes.

A prefeitura de São Francisco do Conde foi procurada, mas até o fechamento da matéria a reportagem não obteve retorno.

Crédito da foto :: Divulgação

Post Bottom Ad

Apostilas Opção