Candeias: um ano de morte do artista plástico Nadinho é lembrado por familiares e amigos - Observador Independente

Candeias: um ano de morte do artista plástico Nadinho é lembrado por familiares e amigos

Compartilhar

Uma série de atividades lembrará neste domingo (21), na cidade de Candeias, na Região Metropolitana de Salvador, um ano da morte do artista plástico Manoel Arnaldo dos Santos Filho. Nadinho, como era mais conhecido, morreu aos 61 anos após ser baleado dentro do próprio ateliê, durante uma ação desastrosa realizada por policiais militares.

Para marcar a data e reforçar o pedido de justiça, amigos e familiares do professor promoverão, a partir das 9h, manifestações pacíficas no município com a presença de artistas locais. Dentre as atividades está prevista uma mostra de grafite na rua onde Nadinho morava com a família. 

"Um homem que sempre cuidou do outro e de uma forma brutal foi tirado de nós. Dia 21 de abril iremos homenagear esse grande homem. Venha conosco nesta luta pela justiça", convocou Maraísa Marinho, filha do artista, em vídeo publicado no Facebook.

Crédito da foto :: Reprodução/Arquivo pessoal 


Post Bottom Ad

VivaABahia