Rodoviários e empresários não fecham acordo; assembleia pode decidir por greve geral em Salvador - Observador Independente

Rodoviários e empresários não fecham acordo; assembleia pode decidir por greve geral em Salvador

Compartilhar

Após reunião realizada nesta quarta-feira (24/4) entre empresários e rodoviários de Salvador, nenhum acordo foi fechado. Dessa forma, o Sindicato dos Rodoviários da Bahia mantém a assembleia que irá acontecer nesta quinta (25), às 09h e 15h, com toda a categoria, para decidirem se haverá ou não greve.

Em entrevista à TV Aratu, o presidente do sindicato, vereador Hélio Ferreira, declarou que os rodoviários não irão aceitar o aumento de 2,7% no salário. Ainda segundo ele, a categoria reivindica outros itens, como aumento do ticket refeição e discussão sobre as horas extras trabalhadas nos finais de semana.

“São pequenas coisas essenciais para a categoria, que estão sendo negadas pelos patrões, que querem tirar os direitos dos trabalhadores, propondo uma pauta indecente, como criar banco de horas, e retirar o domingo de folga. Então, a gente rejeitou essa proposta deles, e propomos a eles que, dos 22 itens da nossa pauta, que contemplem 11. Quer dizer, reduzimos pela metade”, disse Ferreira.

Caso a greve seja aprovada nesta quinta, durante assembleia, ela pode se estender também para ônibus intermunicipais. “No caso de uma greve geral, vamos avisar com antecedência, mas que a população fique logo atenta, devido a esse grande impasse que está sendo provocado pelos grandes empresários. Não só daqui, mas empresários de fretamento, locadoras, turismos e intermunicipais”, acrescentou o vereador.

Crédito da Foto: Aratu On

Post Bottom Ad

Apostilas Opção