Samba de roda, animação e colorido tomam conta do Beco da Energia durante a Lavagem do Beco em Feira de Santana - Observador Independente

Samba de roda, animação e colorido tomam conta do Beco da Energia durante a Lavagem do Beco em Feira de Santana

Compartilhar

A 4ª Lavagem do Beco da Energia veio pra anunciar a chegada da Micareta, que terá início na próxima quinta-feira (25).

Muita animação, samba de roda e colorido tomaram conta do Beco da Energia, em Feira de Santana, neste sábado (20). Foi a 4ª Lavagem do Beco da Energia, que veio pra anunciar a chegada da Micareta, que terá início na próxima quinta-feira (25).

Este ano o evento homenageou Dona Chica do Pandeiro, matriarca da Quixabeira da Matinha e além da Quixabeira teve a participação de Sine Calmon & Morrão Fumegante, Rádio Livre e Revolusamba. A festa é aberta ao público, organizada pelo ativista cultural Márcio Punk, com apoio da prefeitura e artistas locais.

Márcio Punk informou ao Acorda Cidade que este ano Dona Chica do Pandeiro está completando 30 anos de samba junto com o grupo Quixabeira e por isso foi a escolhida para receber essa homenagem.
Desde quando assumimos a Lavagem do Beco modificamos algumas coisas e homenageamos alguns artistas da cidade. Esse ano Dona Chica e o grupo Quixabeira da Matinha estão fazendo 30 anos e a gente resolveu fazer essa homenagem com o máximo de carinho, respeito e todo cuidado. Ela veio tocar junto com grupo, de forma gratuita para a comunidade, com as participações de vários outros artistas, além de intervenções culturais. Quando a gente lança a lavagem a gente tá chamando a Micareta de Feira e esse beco faz parte da história da cidade, 
afirmou.

Apolinária das Virgens Oliveira, mais conhecida como dona Chica do Pandeiro, falou da alegria de ser homenageada junto com grupo Quixabeira da Matinha e destacou o amor que tem pelo samba.
Estou aqui para receber essa homenagem, o grupo está completando 30 anos. Desde menina que eu sambo, participo de um grupo de samba de roda com 15 mulheres e devagar se vai longe. Eu não estou mais aguentando sambar devido a problemas de saúde nas pernas, mas tenho amor pelo samba. Através da Quixabeira conheci muita coisa, muitos lugares e devo muito a esse grupo, 
destacou.

Além dos shows musicais, também houve intervenções artísticas, pinturas e graffiti com o artista Charles Mendes durante a Lavagem do Beco.

Crédito das fotos :: Ed Santos/Acorda Cidade

Post Bottom Ad

Apostilas Opção