SEBRAE e profissionais da educação de Sobradinho planejam edição 2019 do Programa Jovens Empreendedores, primeiros passos - Observador Independente

SEBRAE e profissionais da educação de Sobradinho planejam edição 2019 do Programa Jovens Empreendedores, primeiros passos

Compartilhar

Com o objetivo de incentivar a cultura empreendedora nas escolas, a Prefeitura de Sobradinho, através da Secretaria Municipal de Educação, em parceria com o Sebrae, realizou sexta-feira (05) no auditório do CES, um encontro com gestores e coordenadores da rede municipal de ensino para elaboração das ações do Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos – JEPP, 2109. O JEPP apresenta dois eixos centrais: Estímulo ao comportamento empreendedor e orientação para o plano de negócios com aprofundamento gradual, além de quatro temas transversais: Cultura da Cooperação e Inovação, Eco-sustentabilidade e Ética e Cidadania.

Cada ano do Ensino Fundamental, possui um material específico sobre temas relacionados ao empreendedorismo. O Sebrae oferece gratuitamente todas as apostilas e capacitação aos professores que irão repassar os conhecimentos para os alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental I e II. Segundo a Consultora do Sebrae, Maria Helena Alves, o principal foco do projeto é o de disseminar a cultura empreendedora entre as crianças e adolescentes incentivando a prática do empreendedorismo e o protagonismo juvenil por meio da capacitação.

"Esta parceria entre o Sebrae e a Secretaria Municipal de Educação existe desde 2015.O município de Sobradinho é pioneiro no desenvolvimento dessa metodologia, inclusive a cidade já concorreu e foi finalista no Prêmio Prefeito Empreendedor, que é uma premiação que o SEBRAE nacional dá em destaque as prefeituras que são parceiras dessas ações," destacou a consultora.

Os professores envolvidos no projeto recebem capacitação e os alunos participam de diversos cursos e oficinas, a exemplo de produção de ervas aromáticas, temperos naturais, confecção de brinquedos ecológicos, locadora de produtos, sabores de cores, eco-papelaria, artesanato sustentável, empreendedorismo social e novas ideias, grandes negócios, entre outros.

"Há quatro anos trabalhamos com a temática do empreendedorismo e já podemos sentir os resultados. Temos alunos que depois que passaram pelo curso, adotaram uma postura empreendedora e usaram os conhecimentos adquiridos para ajudar os pais na economia domestica. Esta qualificação vem contribuindo positivamente, tanto para a escola, quanto para as famílias", declarou Maria José da Silva Semente, gestora do CES.


Crédito da foto :: Ascom PMSobradinho/Divulgação


Post Bottom Ad

VivaABahia