Subcomandante da PM diz que a micareta 2019 de Feira de Santana é a mais tranquila dos últimos quatro anos - Observador Independente

Subcomandante da PM diz que a micareta 2019 de Feira de Santana é a mais tranquila dos últimos quatro anos

Compartilhar


A reunião avaliativa acontece no auditório do Instituto de Educação Gastão Guimarães e teve a participação de representantes de várias instituições.

***

A micareta de 2019, no seu terceiro dia, pode ser considerada a mais tranquila desde o ano de 2015. A avaliação é do subcomandante geral da Polícia Militar da Bahia coronel Paulo Uzeda, que participou na manhã deste sábado (27), da segunda reunião de avaliação da festa. A reunião avaliativa acontece no auditório do Instituto de Educação Gastão Guimarães e teve a participação de representantes de várias instituições.

O coronal Uzeda disse ter gostado da passarela instalada no canteiro central da Presidente Dutra para que os policiais pudessem trabalhar. "Essa passarela facilitou nosso trabalho. Retirou a polícia do meio do desfile. Evitamos que pessoas sejam imprensadas por cordas na passagem das atrações", salientou Uzeda.
Ele acrescentou que com a passarela a visibilidade dos policiais está bem melhor e que pode fazer o mesmo policiamento com mais patrulha e um menor efetivo.

O tenente coronel Paulo Uzeda, comandante do Corpo de Bombeiros em Feira de Santana, ao fazer uma avaliação da quinta e sexta-feira de micareta, disse que esse clima de tranquilidade na Micareta foi devido ao trabalho de prevenção bem antes da festa. "No primeiro dia foram 12 e na sexta-feira 16 ocorrências. Isso está dentro do esperado. Como falei, atuamos de forma preventiva", disse Paulo Uzeda.

A coordenadora da defensoria pública, Liliane Amaral informou que o órgão está visitando unidades de saúde no circuito e fora do circuito como foi o caso da UPA da Queimadinha e do Hospital Clériston Andrade. "Identificamos demandas de saúde em algumas situações que tem mais urgências e que sejam características de um plantão e solicitamos que os médicos façam relatórios minuciosos que comprovem a urgência da interferência da Defensoria Pública entre outras situações", afirmou.

O agente de fiscalização da SMT, Rafael Estrela, pediu o apoio da imprensa para que divulguem no sentido de alertarem as pessoas a não estacionarem seus veículos em locais indevidos. Ele informou que nos dois dias de micareta a SMT já apreendeu 115 veículos.

Responsável pela coordenação do setor de saúde pela prefeitura na Micareta, José Pires Leal observa que a movimentação de pessoas em busca de atendimento é muito pequena. “Estamos fazendo atendimentos de rotina porque numa festa como essa é normal uma briga ou um atrito. Mesmo assim esses casos vêm diminuindo muito", destaca.

A delegada Maria da Paixão, da coordenação de estatística da Polícia Civil, informou que nesses dois dias de Micareta não houve nenhum fato grave na festa como homicídio ou tentativa de homicídio. Ao comparar os dados dos dois primeiros dias da micareta 2019 com os dois primeiros dias de 2018, foram cinco lesões no ano passado e este ano apenas duas.

A promotora Monia Ghigione disse que o saldo da micareta até agora é muito positivo e que o MP tem se esforçado para fazer o seu trabalho da melhor maneira possível. "Estamos fazendo todas as fiscalizações possíveis detectando irregularidades e promovendo ajustes naquilo que for necessário", disse.
Neste domingo as dez horas acontece a ultima avaliação da micareta 2019.

Crédito das fotos :: Reprodução Paulo José AC


Post Bottom Ad

VivaABahia