BRASÍLIA @ Outras notas curtas sobre a eferverscência na capital e DF - Observador Independente

BRASÍLIA @ Outras notas curtas sobre a eferverscência na capital e DF

Compartilhar

Prazo ampliado

Deputada de primeiro mandato, na Câmara Legislativa há quatro meses, Júlia Lucy (Rede) emplacou o primeiro projeto de lei de sua autoria. Entrou em vigor ontem a lei que amplia para 18 meses o prazo para que estabelecimentos comerciais cumpram a exigência de adotarem copos e canudos biodegradáveis. 

O Poder Público deverá neste prazo promover campanhas de conscientização sobre o tema. Até então, o prazo para regulamentação da regra era de 90 dias, a contar de janeiro.
Câmara vira palco de artistas da Record

De iniciativa do deputado Martins Machado (PRB), da Igreja Universal, a Câmara Legislativa vai promover uma sessão solene em homenagem à teledramaturgia da TV Record. Artistas que atuam na novela Jesus vão marcar presença. Será nesta quinta-feira.

Maiores sistemas metroviários são públicos

Ex-presidente do Metrô/DF, Marcelo Dourado critica a possibilidade cogitada no atual governo de entregar à iniciativa privada a concessão do sistema de transporte do Metrô. “Acredito na gestão pública ética, eficiente e transparente. 

Os grandes metrôs do mundo são estatais. Não é paixão, é gestão estratégica com objetivos sociais com foco no cidadão, diferentes do setor privado, que tem por foco somente o lucro, acima de qualquer outra coisa”, disse. Segundo ele, os 13 maiores sistemas metroviários do mundo são estatais: Madri, Tóquio, Chicago, Londres, Paris, Nova York, Nova Déli, Moscou, Pequim, São Paulo, Copenhague, Seul e Berlim.

Empurrão político… Agora vai?

Com apoio dos Sindicatos dos Procuradores do DF e dos Defensores Públicos, o Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do DF (Sindepo) se reuniu ontem, em almoço no Coco Bambu do Lago Sul, com a bancada de deputados federais para articular uma ajuda para as demandas da categoria. 

A reforma da Previdência e o reajuste salarial da Polícia Civil estavam na pauta. A classe precisa de um empurrãozinho político para que a mensagem enviada pelo governador Ibaneis Rocha ao Ministério da Economia com a paridade da PCDF aos contracheques da Polícia Federal tramite no Congresso. Os parlamentares se comprometeram a encaminhar uma carta ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

Crédito das fotos :: Reprodução

Post Bottom Ad

Apostilas Opção