CAMAÇARI @ Para extrair areia ilegalmente, caçambeiros derrubam equipamento que impedia ação - Observador Independente

CAMAÇARI @ Para extrair areia ilegalmente, caçambeiros derrubam equipamento que impedia ação

Compartilhar

Um dos pórticos de aço instalados nas proximidades das dunas de Camaçari, na região metropolitana de Salvador, na semana passada, foi removido na noite desta quinta-feira (30). O local, entre Jauá e Abrantes, tem sido alvo de diversos crimes ambientais. Uma área de mais de 1 km² já foi atingida pela extração ilegal de areia. O equipamento, supostamente removido por caçambeiros, ficava na Via Parque, sentido Bela Vista.

De acordo com a presidente da Associação dos Moradores da Rua Aquarius e Via Parque (AVP) Ana Maria Mandim, os pórticos, projeto antigo da associação, impediam o acesso de caçambas às dunas. 

Por aí se vê o grau de ousadia de ladrões que roubam a comunidade de Jauá há décadas, cientes e seguros de sua impunidade. Destroem recursos naturais insubstituíveis e vitais. O parque que lutamos para implantar está sob ameaça de destruição. Todos os que detêm algum poder e podem fazer alguma coisa para impedir isso, precisam mobilizar-se e fazer o que têm que fazer, 
disse. Mandim afirmou ainda que o caso será denunciado e o equipamento reerguido.

Criação do parque

Um Projeto de Lei (PL) que autoriza a criação do Parque das Dunas de Camaçari será enviado para Câmara de Vereadores. Segundo o Executivo Municipal, em fevereiro deste ano, foi realizado o mapeamento aéreo do espaço e gerada a poligonal da área atual do parque, que foi apresentada e debatida em consulta pública, realizada no mesmo mês. Para Mandim, com a implantação do parque, os crimes ambientais vão diminuir.


Crédito da foto :: Divulgação / AVP 

Post Bottom Ad

VivaABahia