Greve do Metrô-DF. Saiba como será o funcionamento nesta segunda (6) - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

Mário

6 de maio de 2019

Greve do Metrô-DF. Saiba como será o funcionamento nesta segunda (6)


As estações ficarão abertas das 5h30 às 23h30. A quantidade de trens circulando, no entanto, será alterada: 80% nos horários de pico


Gabriella Furquim / Joilma Jonhson - Brasília


A paralisação dos funcionários da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) não vai alterar o horário de circulação dos trens nesta segunda-feira (05/05/2019). As estações ficarão abertas das 5h30 às 23h30.

A quantidade de composições circulando, no entanto, será reduzida. Contudo, o impacto deve ser menor nos horários de pico. Das 5h30 às 10h30 e das 16h30 às 21h30, 80% dos trens vão funcionar –- no período restante, o índice cairá para 30%.

A paralisação dos servidores começou na última quinta-feira (02/05/2019). Na sexta (03/05/2019) a Justiça do Trabalho acatou pedido do Metrô-DF e determinou, em caráter liminar, que o Sindicato dos Metroviários do Distrito Federal (Sindmetrô-DF) garanta efetivo para que 80% dos trens do sistema circulem nos horários de pico.

Caso a ordem seja desrespeitada, a entidade pode ter de desembolsar multa diária de R$ 100 mil. A decisão judicial permitiu a reabertura das estações no período integral. Nos primeiros dias de paralisação, os trens não circularam nos horários de menor movimento, e os usuários do transporte público precisaram embarcar em ônibus lotados para se deslocar na capital do país.

Para o Metrô, contudo, o quantitativo estabelecido pela Justiça é insuficiente para atender à demanda do serviço essencial e não garante um mínimo de dignidade aos usuários. Com esse argumento, a administração do transporte pediu a concessão de liminar que garanta o funcionamento de 100% da frota nos horários de pico – entre as 6h e 10h, e das 16h às 20h – e de 60% nos demais períodos.

Conciliação 

Está prevista uma nova tentativa de entendimento entre o sindicato e a empresa nesta segunda (06/05/2019). Será realizada uma audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10).

De acordo com o Sindmetrô, foram cortados benefícios concedidos aos metroviários e a empresa não estaria cumprindo acordo coletivos, judiciais e sentenças da Justiça favoráveis à categoria desde 2015.

Foto: Rafaela Felicciano-Metrópoles

Post Top Ad

SCB