Hospital Evangélico em Salvador demite funcionários e atrasa salários - Observador Independente

Hospital Evangélico em Salvador demite funcionários e atrasa salários

Compartilhar

Trabalhadores fazem denúncia em redes sociais.

O Hospital Evangélico da Bahia (HEB), em Brotas, está atrasando salários e realizando demissões devido a dificuldades financeiras. Funcionários denunciaram a situação em um texto compartilhado em redes sociais. "Os pagamentos estão sendo feitos por lotes e muitas vezes acabamos recebendo nossos vencimentos apenas no mês seguinte. Ao questionar, somos ameaçados de demissão ou muitas vezes demitidos", diz o relato.

O diretor-geral do HEB, Rosalvo Coelho, disse ao BNews que a crise nacional da saúde vem afetado a instituição. "O Hospital Evangélico sempre primou em pagar os salários rigorosamente em dia, a vida inteira, mas diante dessa crise nacional da saúde, com todos os planos atrasando e reduzindo pagamentos, deixamos de cumprir os prazos", declarou.

Ele afirmou que o salário do mês de março será regularizado hoje (9), mas não há previsão para o salário de abril. De 400 funcionários, aproximadamente 60 foram demitidos nos últimos meses. "Estamos demitindo para manter, pelo menos, a maioria", disse Coelho.

Foto : Reprodução/Google

Post Bottom Ad

VivaABahia