Ibametro passa a fiscalizar fraude eletrônica em bomba de combustível - Observador Independente

Ibametro passa a fiscalizar fraude eletrônica em bomba de combustível

Compartilhar

Diretor-geral do órgão, Randerson Leal participou do Painel “Fiscalização: dia a dia do revendedor”, esclarecendo o papel do órgão regulador na venda de combustíveis do Estado.

O Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro) poderá fiscalizar fraude eletrônica em bomba de combustível, podendo cassar o registro do posto por até cinco anos, caso o estabelecimento seja flagrado pelo órgão cometendo esse tipo de irregularidade. A autonomia foi conquistada após a aprovação da Lei 13.928/2018. 

Diretor-geral do órgão, Randerson Leal participou do Painel “Fiscalização: dia a dia do revendedor”, esclarecendo o papel do órgão regulador na venda de combustíveis do Estado. O Procon-Ba, a Agência Nacional de Petróleo (ANP) e a Secretaria da Fazenda do Estado também integraram o Painel.

“Orientamos o empresariado do segmento, no sentido de fortalecer a atuação correta, conforme parâmetros definidos na legislação metrológica em vigor”, destacou o diretor-geral do Ibametro. Interessados podem consultar a Ouvidoria do Instituto para outras informações pelo 0800-0711888.

Foto : Divulgação

Post Bottom Ad

Apostilas Opção