Temer se entrega à PF e diz que não há provas contra ele; “injustiça” - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

SCB

9 de maio de 2019

Temer se entrega à PF e diz que não há provas contra ele; “injustiça”


O ex-presidente Michel Temer (MDB), se entregou à Superintendência da Polícia Federal por volta das 15h desta quinta-feira (9/5), na zona oeste de São Paulo. Ele estava na própria casa, no Alto de pinheiros, também no oeste da capital. O TRF-2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região) atendeu ao pedido da defesa, para que a detenção seja na cidade.

Na última quarta (8/5), a Justiça revogou o recurso que permitia a saída de Temer da prisão. De acordo com o Uol, Temer diz que a volta à prisão é uma “injustiça”, e afirmou que não há provas contra ele. A defesa do ex-presidente recorreu ao Superior Tribunal da Justiça contra a decisão. Não há prazo para que o ministro Antônio Saldanha Palheiro, que irá analisar o recurso, se manifeste.

Segundo o desembargador Abel Gomes, seria um custo desnecessário aos cofres públicos mobilizar agentes da Polícia Federal, veículos e um avião para trazer o ex-presidente ao Rio, mas ele deixou decisão sob responsabilidade da juíza federal Caroline Figueiredo. Ela substitui Marcelo Bretas, que está de férias, na 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, responsável pelas ações da Operação Lava Jato no Rio. Porém, no começo da tarde, a juíza preferiu não decidir sobre o tema. No despacho em que determinou a prisão de Temer, ela decidiu deixar a decisão a cargo do TRF-2.

Crédito da Foto: Uol

Post Top Ad

SCB