Caso Michel Sá: padrasto e motorista de suspeito de matar ex-assessor parlamentar são presos em Salvador - Observador Independente

Caso Michel Sá: padrasto e motorista de suspeito de matar ex-assessor parlamentar são presos em Salvador

Compartilhar

Mais dois suspeitos de envolvimento na morte do ex-assessor parlamentar Michel Sá, morto em agosto de 2018, em Salvador, foram presos. O empresário Maurício Lucas Teive e Argollo, de 45 anos, e seu motorista, Itazil Moreira dos Santos, de 54, foram presos após uma audiência de instrução e julgamento, no Fórum Criminal de Sussuarana, na última sexta-feira (14/6).

Maurício é padrasto de Gabriel Bispo dos Santos, de 23 anos, assassino confesso de Michel. Eles foram denunciados pelo Ministério Público estadual (MP-BA) por latrocínio - roubo seguido de morte - em janeiro deste ano. 

No mês seguinte, eles tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça. Já Gabriel foi preso no dia 19 de novembro do ano passado, na cidade de Pomerode, em Santa Catarina. Ele foi transferido para Salvador logo depois, onde está preso.

A continuação do julgamento do crime, que teve início no dia 14, ocorre nesta segunda-feira (17/6), quando mais testemunhas serão ouvidas. 

CASO

O corpo do administrador foi encontrado com marcas de disparos de arma de fogo por volta das 6h30 do dia 17 de agosto de 2018, na rua Tamburugy, em Patamares, Salvador. Ele despareceu no dia anterior, quando teria saído de casa para encontrar o suposto comprador para seu veículo.

As equipes da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV) encontraram o veículo da vítima no mesmo dia do crime, em um shopping no bairro do Cabula. Em menos de 24 horas, os policiais identificaram os suspeitos. Além de outros elementos para investigação, como o depoimento de testemunhas, imagens de câmeras foram analisadas.


Crédito da Foto: Arquivo pessoal

Post Bottom Ad

Apostilas Opção