DENUNCIA ūüŹī PM √† paisana √© acusado de amea√ßar populares com pistola em Parapiranga: “Eu passo o cartucho” - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

M√°rio

15 de junho de 2019

DENUNCIA ūüŹī PM √† paisana √© acusado de amea√ßar populares com pistola em Parapiranga: “Eu passo o cartucho”


Por :: Vinícius Ribeiro/ BNews


Um policial militar √© acusado por moradores de Parapiranga, a 366 quil√īmetros de Salvador, na divisa com Sergipe, de abusar da autoridade ao amea√ßar dezenas de pessoas em via p√ļblica. Na noite desta sexta-feira (14), o PM Eliezer Ribeiro Santana J√ļnior foi flagrado com uma pistola em punho desafiando 'qualquer um a bater no seu carro'. 

A ação foi registrada em vídeos por populares. Nas imagens, o PM, de camisa xadrez, aparece esbravejando e chutando mesas e cadeiras do bar Point do Fusca, localizado na Rua Salustiano Domingos de Santana.
Bata no meu carro quem quiser aqui, vamos ver quem √© o homem aqui, eu passo o cartucho. Encosta s√≥ um aqui, s√≥ um (...). Eu aperto o dedo. Eu passo o dedo em qualquer um aqui, 
ameaçou, enquanto insinuava que o estabelecimento é frequentado por usuários de drogas.

N√£o h√° informa√ß√Ķes sobre as circunst√Ęncias que iniciaram a confus√£o, mas os primeiros relatos colhidos pela Pol√≠cia Civil apontam que a movimenta√ß√£o de pessoas e ve√≠culos em via p√ļblica tenham incomodado o militar. Uma mulher que o acompanhava aparece nas imagens tentando acalm√°-lo.

De acordo com o delegado Eduardo Henrique, titular da Delegacia de Pol√≠cia local, com base nas informa√ß√Ķes preliminares, ap√≥s as amea√ßas, o policial deixou o local e depois voltou acompanhado de uma guarni√ß√£o da 21¬™ Companhia Independente da Pol√≠cia Militar, onde √© lotado, ao perceber que era filmado. Um adolescente de 17 anos que registrava a confus√£o foi apreendido pela equipe policial.

Enquanto o jovem era conduzido, Eliezer alegou ter sido desacatado. Entretanto, outro homem que registrou a apreens√£o afirma no v√≠deo: “O cara n√£o fez nada”. “Ele √© de menor, vai levar um cara de menor?”, diz outra testemunha.

Veja o vídeo:

Segundo o delegado, o jovem j√° foi liberado. Eduardo Henrique contou ao BNews que, pelo fato do funcionamento em regime de plant√£o, come√ßar√° a colher os depoimentos a partir de segunda-feira (17) para decidir por abertura de inqu√©rito policial. “Eu vou analisar as a√ß√Ķes para dar andamento ao procedimento”, explicou.

Ainda segundo o delegado, a dona do bar ficou de comparecer √† Delegacia de Pol√≠cia neste domingo (16) para “registro de queixa de dano” contra o PM, pelos preju√≠zos causados no estabelecimento. 

TORTURA E MORTE - Ao BNews, uma fonte em anonimato disse que a atua√ß√£o do policial militar na regi√£o √© conhecida por abusos de autoridade. Em 2016, ele foi acusado de ser respons√°vel pela morte de um pai de santo durante uma abordagem. “Ele foi atender uma solicita√ß√£o de som alto e pegou o rapaz, chutou ele no ch√£o, atingiu o ba√ßo e o rapaz morreu”, relatou. Para ser absolvido, afirmou a fonte, “ele ficou intimidando as testemunhas, que depois mudaram os depoimentos”. O caso foi confirmado pela delegacia.

Em outro caso, conforme o denunciante, Eliezer, que tem um suposto parentesco com um juiz de Sergipe, é acusado de torturar e sumir por horas com uma mulher que também teria o desacatado. Consta um registro no Diário da Justiça de 26 de setembro de 2018 para apurar a responsabilidade da mulher pelo crime de desacato.

O BNews n√£o conseguiu estabelecer contato com o acusado. A reportagem tentou contato com os propriet√°rios do bar, mas as liga√ß√Ķes n√£o foram atendidas no n√ļmero fornecido. Tamb√©m procurado pelo BNews, o Departamento de Comunica√ß√£o Social da PM-BA informou que a demanda foi encaminhada para a Corregedoria e assim que tiver retorno vai se pronunciar.


Crédito da foto :: Reprodução/Youtube

Você e mais 133 mil pessoas estão recebendo esta matéria por sistema de Whatsapp. Se não quiser continuar recebendo mande solicitação de retirada do seu nome da listagem.

Biblioteca