Práticas de atividades físicas pelo NASF movimentam moradores do bairro Alto do Alencar em Juazeiro - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

Mário

5 de junho de 2019

Práticas de atividades físicas pelo NASF movimentam moradores do bairro Alto do Alencar em Juazeiro


Sendo a atividade física a prática de movimentação corporal, o Núcleo Ampliado de Saúde da Família (NASF) de Juazeiro vêm realizando inúmeras práticas nos bairros da cidade. As atividades nesta terça-feira (04) movimentaram os moradores do bairro Alto do Alencar. Em dois grupos foram trabalhados desde alongamento até cuidados com as dores no corpo, os exercícios são voltados à pessoas com hipertensão, diabetes, obesidade e demais doenças crônicas. 

As práticas corporais trabalhados pelo professor de Educação Física Nivaldo Mendes Júnior são de baixa intensidade, porém suficientes para as alunas saírem da rotina e do sedentarismo. As atividades no bairro acontecem durante uma hora para cada turma, sendo que as atividades são realizadas sempre pela manhã na terça-feira e sexta-feira na Associação de Moradores do bairro.

A aposentada Maria dos Anjos (71 anos) é hipertensa, diabética e relata como os exercícios em grupo melhoraram sua vida. “Aqui é bom demais! Estou desde o ano passado e antes não conseguia esticar a perna, levantar o braço em sua extensão total, após todas essas atividades eu estou ótima. Eu vivia caindo, não tinha firmeza nas pernas, mas agora eu nem lembro quando foi a minha última queda. Atividade física é cuidado com a saúde e eu estou cuidando da minha. Acredito que não exista uma data limite para início, só basta queremos”, pontuou.

Outra usuária dos serviços que aprova a realização das atividades físicas é a cuidadora de idosos, Fabiana Ferreira dos Santos (46 anos). “Eu sentia muitas câimbras, não tinha ânimo para fazer nada, até o meu trabalho não realizava com perfeição, qualquer coisa estava muito cansada e com dores em todo o corpo. Depois que eu soube desse projeto que tem professor ensinando exercícios, me inscrevi e estou aqui há quase dois meses. Posso afirmar que minha vida mudou e eu sou outra pessoa. Além dos exercícios daqui eu faço todos os dias a minha caminhada à noite, não estou me cuidando como pretendia, mas estou devagarzinho fazendo isso”, acrescentou.

Após a realização das atividades, o grupo participou de uma roda de conversa com a fisioterapeuta do NASF, Juni Adriane, que destacou alguns pontos importantes de cuidados com o corpo, principalmente referente às dores lombares, respondeu algumas perguntas e deu dicas de o quê fazer para ter uma vida com menos dores.

De acordo com o professor Nivaldo Mendes a ideia é orientar as pessoas sobre os cuidados que elas precisam ter consigo. “É gratificante ver que estas pessoas estão motivadas. Muitas chegaram aqui com dores, problemas de saúde e, aos poucos, a equipe NASF vai acompanhando e buscando melhorar a qualidade de vida delas. Estamos há quase um ano com as atividades neste bairro e é sempre satisfatório ver a empolgação delas”, descreveu.

Quem desejar participar de algum grupo de atividade física com o NASF precisa procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência e se informar sobre os dias e horários e a disponibilidade de vagas para a equipe de referencia onde resida. As atividades em sua maioria são realizadas no período da manhã.

Crédito da foto :: Débora Sousa/SESAU / Divulgação

Post Top Ad

SCB