Arthur Maia afirma que deputados cometeram "estelionato eleitoral" durante reforma da Previdência - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

Mário

11 de julho de 2019

Arthur Maia afirma que deputados cometeram "estelionato eleitoral" durante reforma da Previdência


Para o deputado federal Arthur Maia (DEM), alguns colegas de Câmara cometeram estelionato eleitoral, após votarem a favor da reforma da Previdência na quarta-feira (10), sendo que, antes, se posicionavam contra a proposta. 

Poucos, como eu, tiveram a coragem de defender a reforma antes e durante a eleição, 
afirmou.

O texto-base da reforma foi aprovado por 379 a 131, no Plenário da Câmara dos Deputados. "Mas, de qualquer maneira, melhor assim, porque a reforma é fundamental pro Brasil", completou o parlamentar.

Durante o debate sobre a reforma na terça, que durou cerca de oito horas, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a votação de um destaque proposto pelo PCdoB, contra a fórmula de cálculo de pensões proposta pelo governo. Deputados de oposição afirmam que ele suspendeu rapidamente, pois sabia da derrota.

"Não sei, o Plenário tava cheio, então, não acho que tenha tido isso, não. O Plenário tava bastante cheio", justificou Arthur Maia.

Não necessariamente se o Plenário de uma Casa legislativa estiver preenchido, significa que os paralmentares presentes votaram a pauta.


Foto :: Câmara dos Deputados / Divulgação

Biblioteca