Caetano insiste em lançar esposa candidata a prefeita para continuar mandando na prefeitura; Outros nomes se preparam para o embate em Camaçari - Observador Independente

Caetano insiste em lançar esposa candidata a prefeita para continuar mandando na prefeitura; Outros nomes se preparam para o embate em Camaçari

Compartilhar

O tradicional duelo entre o Democratas e o Partido dos Trabalhadores não deve se repetir na eleição pela prefeitura de Camaçari. A quarta maior cidade da Bahia contará com várias candidaturas a reeleição do atual prefeito, Antonio Elinaldo Araújo da Silva (DEM).

Vários nomes estão sendo cogitados para rebater a tentativa mentirosa de Caetano, que insiste em eleger a esposa e continuar mandando na prefeitura local, como tentou fazer com o seu ex-pupilo e ex-prefeito Ademar Delgado. Caetano acredita que a esposa é o nome ideal para administrar a cidade. Obviamente o melhor para ele, claro.

Outro nome que está sendo lembrado como pré-candidato a prefeito é Pedrinho de Pedrão, do Avante - com o incentivo, apoio e preferência do Pastor Sargento Isidoro, deputado federal da Bahia mais votado da atualidade que teve mais de 20 mil votos em Camaçari.

Já Fábio Lima, político natural de Arembepe começa pontuar com apoio de seu partido, o PP, do deputado estadual Niltinho e do vice-governador João Leão. Outros partidos poderão lançar nomes, mas até o momento desconhecidos do grande eleitorado. 

Fala-se, inclusive, que o ex-prefeito Ademar Delgado (Sem Partido) pode ser uma surpresa na disputa.  Delgado nega a possibilidade. "Não sairei da política, mas não tenho nenhuma previsão de ser candidato".

Crédito da foto :: Divulgação

Post Bottom Ad

Apostilas Opção