Carinhanha: MPF investiga suposto superfaturamento em contrato de R$ 2 mi firmado com cooperativa - Observador Independente

Carinhanha: MPF investiga suposto superfaturamento em contrato de R$ 2 mi firmado com cooperativa

Compartilhar

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou um inquérito civil para investigar suposta fraude em um pregão eletrônico e superfaturamento na contratação de uma cooperativa de saúde pela prefeitura de Carinhanha, na região do Velho Chico, oeste baiano, na gestão do ex-prefeito Paulo Elísio Cotrim (PT), conhecido como Paulo da Yonara.

De acordo com o órgão federal, a Cooperativa de Trabalho de Saúde do Brasil (COOSB) foi contratada pelo Executivo Municipal para prestar serviços de saúde hospitalar, atenção básica, vigilância à saúde, Centros de Atenção Psicossocial (Caps), laboratório e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Segundo informações publicadas no Diário Oficial do Município, o contrato firmado entre a Prefeitura e a COOSB foi de R$ 2.064.934,00. O serviço foi prestado entre setembro e dezembro de 2015.

Outro lado

A reportagem tentou contato com a antiga gestão, mas as chamadas não foram atendidas.

Foto :: Reprodução / Google Street View 

Post Bottom Ad

Apostilas Opção