"Não aprovar a Reforma seria faltar ao Brasil", defende Arthur Maia antes de voto da Previdência - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

Mário

4 de julho de 2019

"Não aprovar a Reforma seria faltar ao Brasil", defende Arthur Maia antes de voto da Previdência

A bancada do Democratas na Câmara dos Deputados encaminhou voto favorável ao texto-base da reofrma da Previdência, durante análise na comissão especial nesta quinta-feira (4). "Não aprovar a Reforma da Previdência seria faltar ao Brasil", disse o deputado federal pela Bahia Athur Maia, antes de declarar a defesa.

Está claro para todos que o Estado não conseguirá pagar aposentadorias se seguirmos com este modelo. Fazemos a reforma para acabar com privilégios, salvar a Previdência e proteger os mais pobres, 

completou o parlamentar.

Ainda durante a sessão, Maia criticou fala da deputada Gleise Hoffmann (PT). "Os 13 milhões de desempregados é herança da era PT. Nos últimos três anos do governo Dilma, o Brasil perdeu 10% do PIB; isso sem falar no maior escândalo de corrupção da história da humanidade protagonizado por este partido", criticou.

Foto :: Billy Boss/Câmara dos Deputados 
Você e mais 133 mil pessoas estão recebendo esta matéria por sistema de Whatsapp. Se não quiser continuar recebendo mande solicitação de retirada do seu nome da listagem.

Biblioteca