AÇOUGUE DA REGULAÇÃO NA BAHIA @ Idoso espera regulação há 12 dias sem comer e sem beber no interior - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Audima

25 de agosto de 2019

AÇOUGUE DA REGULAÇÃO NA BAHIA @ Idoso espera regulação há 12 dias sem comer e sem beber no interior



Um idoso do município de Senhor do Bonfim, no norte do estado, está há 12 dias sem comer e beber, esperando vaga para cirurgia através da REGULAÇÃO da Sesab. 



O homem foi diagnosticado com obstrução intestinal e com outras complicações biliares. Ele é mais um das centenas de pacientes que estão correndo risco de morrer na fila da chamada regulação de internamentos mantida pela Secretaria de Saúde do Estado – Sesab, através do SUS. 

Segundo divulgado pelo site BNews de Salvador em primeira mão, o idoso pai de oito filhos, com 20 netos é o personagem principal para uma família numerosa.

Ainda segundo o mesmo portal, após o diagnóstico no último dia 12, começou a via crusis da família, logo após internação em uma UPA. Em seguida o idoso foi transferido para o Hospital Dr. Paulo Hilarião onde começou o tratamento, sem, entretanto, ter resolvido a sua situação. 

A busca pela regulação através da Secretaria de Saúde do Estado se desenrola desde então, sem a menor perspectiva de quando isso ocorrerá. 

É cada vez pior o estado de saúde 

De acordo com familiares, o homem já está a mais de 10 dias sem comer e beber água, ficando cada vez mais debilitado. Ele é mantido apenas com soro intravenoso e sequer consegue se levantar. 

A família se reveza em vigília interminável noite após noite e buscam ajuda por todos os lados. 

Como sempre faz nestes casos, a SESAB se limita a informar que está fazendo tentativas para conseguir uma vaga para o paciente. 

A questão é que, diariamente, estes casos acontecem na Bahia, com milhares de mortes em todo o estado sem que ninguém seja responsabilizado. O MP-Ministério Público baiano precisa urgentemente se posicionar sobre a situação, saindo do conforto do ar condicionado para averiguar localmente a situação, punindo, se for o caso, os responsáveis pela omissão contumaz, ou diriamos o assassinato frio, por parte do Estado, de pessoas inocentes. 


Fotomontagem OBI/Arte-Redação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->