Deputado estadual Prisco dá a entender que PM pode entrar em greve no próximo dia 11; "não temos culpa" - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Audima

29 de agosto de 2019

Deputado estadual Prisco dá a entender que PM pode entrar em greve no próximo dia 11; "não temos culpa"



O deputado estadual e presidente da Associação de Praças e Bombeiros Militares da Bahia (Aspra), soldado Marco Prisco, deu a entender que a categoria pode entrar em greve a partir do próximo dia 11 de setembro.

A declaração foi dada durante um discurso do parlamentar na Assembleia Legislativa, na quarta-feira (28/8). "Quero alertar a toda população. Mais uma vez a insensibilidade do governador Rui Costa em não querer dialogar. Deixo um alerta e um recado que nós não temos culpa do que vier a acontecer no dia 11 de setembro na Adelba, onde teremos assembleia da categoria", disse. 

Temos 18 anos de uma lei que dá direito à periculosidade e insalubridade à categoria e esse governo não cumpre, fora outros acordos que ele sequer senta com a categoria. Temos assembleia dia 11 e lá vamos deliberar qual o futuro da categoria. Tenho certeza que a categoria não vai se acovardar diante de ameaças que o governo utiliza, 

criticou o deputado. 

Por lei, as forças de segurança pública não podem fazer greve. A última paralisação da Polícia Militar da Bahia aconteceu em 2013, no então governo de Jaques Wagner (PT), e foi liderada justamente por Marco Prisco. Em 2002, o então soldado da corporação também foi responsável por uma greve dos policiais. Em seguida, ele foi demitido, mas voltou à corporação por conta de decisão judicial. 




Crédito da foto :: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->