Mais uma Corrida do Garçom é realizada em Feira de Santana - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

Mário

13 de agosto de 2019

Mais uma Corrida do Garçom é realizada em Feira de Santana


Cerca de 11 garçonetes e 26 garçons participaram da corrida este ano.


Foi realizada na tarde desta segunda-feira (12) mais uma edição da Corrida do Garçom, em Feira de Santana. A competição ocorreu no Sítio Matias, Tomba. O evento é promovido pelo Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares.

Cerca de 11 garçonetes e 26 garçons participaram da corrida este ano. Cada competidor teve que percorrer 50 metros com uma bandeja na mão, contendo latas de refrigerantes, garrafinhas e copos de água.

A garçonete Jucileide Almeida Nunes, 27 anos, que trabalha no restaurante Cantina da Dinha, foi uma das ganhadoras na categoria feminino. Ela participou da Corrida do Garçom pela primeira e ficou feliz com o resultado. 

“Foi uma experiência única, pois nunca participei. Foi meu primeiro ano, mas estava confiante e deu tudo certo. Minha colega de trabalho que me incentivou a participar, ela me chamou, e eu disse que iriamos tentar, mas por brincadeira mesmo. Sou garçonete há sete anos”, contou em entrevista ao Acorda Cidade.

Um dos vencedores foi Jean Santos Oliveira, 30 anos, que trabalha no bar e restaurante Água de Beber. Ele afirmou que se preparou durante toda a semana, inclusive quando tinha uma folguinha no trabalho.
Ensaiei bastante durante a semana para chegar aqui e buscar a vitória. Desde a primeira competição que eu participo. Na primeira fiquei em terceiro lugar, na segunda, não fui classificado para a final, mas hoje estou aqui para levar o prêmio,
disse.

O presidente do sindicato da categoria, Antônio Souza Correia, mas conhecido como Sobrinho, explicou o funcionamento da corrida.

Nossa regra é simples. O garçom corre 50 metros com a bandeja, com latas de refrigerante, uma garrafinha de refrigerante e copo com água. Aquele que chegar primeiro com a bandeja intacta está classificado para a final. Se caso ele chegar primeiro, mas tiver derrubado uma garrafinha ou copos de água, e o segundo ou terceiro lugar chegar intacto, vai prevalecer quem chegou intacto e vai estar classificado. A cada bateria se classificam três, e ao final, disputam os três para o melhor classificado.
Os vencedores foram premiados com celulares, coolers, entre outros prêmios. Houve também sorteio de brindes para os participantes.

“O Dia Internacional do Garçom foi no dia 11 de agosto, mas caiu no domingo e é o dia de pico e não podem liberar. Essa ideia surgiu desde 86, mas devido às dificuldades a gente parou. Quando foi em 2017 renovamos essa parceira. O propósito é homenagear o trabalhador que sempre deu de bandeja para a sociedade e os patrões não fazem nada em benefício dessa categoria”, destacou Sobrinho.



Com informações e fotos do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

Post Top Ad

SCB