Financeiras são interditadas por oferecer empréstimos consignados de forma ilegal em Recife - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

Mário

1 de outubro de 2019

Financeiras são interditadas por oferecer empréstimos consignados de forma ilegal em Recife




De acordo com o Procon de Pernambuco, empresas não tinham autorização para funcionar como correspondentes bancários, no Recife.


Duas financeiras foram interditadas, nesta terça-feira (1º), no Centro do Recife. De acordo com o Procon de Pernambuco, as empresas ofereciam empréstimos consignados de forma ilegal. Desde o ano passado, 26 estabelecimentos que atuavam nesse setor foram fechados.

O Procon informou que a Real Fator e a Realiza Empréstimos Consignado não tinham autorização para funcionar como correspondente bancário. Ao todo, 13 empresas foram alvo de fiscalização nesta terça.

A ação, realizada pelo Procon estadual em parceria com o órgão de defesa do consumidor do Recife, ocorreu no Edifício Antônio Barbosa, localizado na Avenida Dantas Barreto. A Polícia Militar também participou da operação.

A fiscalização marcou as ações do Dia Internacional do Idoso, que contou com atividades em várias cidades brasileiras. Segundo o Procon de Pernambuco, as pessoas com mais idade são as que mais sofrem com golpes e serviços financeiros oferecidos de forma fraudulenta.

O Procon do Recife orientou que os idosos devem ficar atentos aos contratos de empréstimos. A recomendação é evitar assinatura de documentos em branco e não passar a senha de banco para pessoas desconhecidas.

Durante as ações realizadas em financeiras, os fiscais analisam o contrato de prestação de serviço do correspondente com banco e a autorização do Banco Central para o estabelecimento funcionar. Também são alvo de fiscais questões como a identificação dos funcionários e a prestação de informações corretas para os clientes. Tentamos contato com responsáveis pelas empresas, sem sucesso.




 Foto: Procon de Pernambuco/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

Biblioteca