Fla busca quebrar sequência do Botafogo pelo Estadual de remo - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

Mário

11 de outubro de 2019

Fla busca quebrar sequência do Botafogo pelo Estadual de remo



Equipes disputam título da quinta e última etapa da disputa, neste domingo, às 8h05, na Lagoa. Alvinegros não perdem a seis anos e querem manter hegemonia na competição.



Se ocorre o clássico entre Flamengo e Botafogo no campo, nas águas não será diferente. Neste domingo, os clubes cariocas lutam pelo título do Campeonato Estadual de remo, promovido pela Federação de Remo do Estado do Rio de Janeiro (FRERJ). A missão dos rubro-negros é quebrar uma sequência de seis anos dos alvinegros. A regata será realizada a partir das 8h50m, nas raias do Estádio de Remo da Lagoa.
Flamengo e Botafogo se enfrentam, neste domingo, pela final do Campeonato Estadual de remo 

Entretanto, o clube da Gávea, líder da competição, com 636 pontos, é favorito. O Glorioso, segundo colocado, com 504 pontos, não participará de cinco das 14 provas, o que dar mais possibilidade dos adversários levarem o título.
publicidade

- Os atletas estão treinando com muito foco para a última fase do Campeonato Estadual, assim como fizeram para conquistar as quatro regatas anteriores. Este ano tem sido especial para o remo rubro-negro, resultado de grande comprometimento dos remadores, da comissão técnica e do investimento que o clube fez para retomar a histórica hegemonia nacional - declarou Marcello Varriale, Gerente de Esportes Náuticos do Flamengo.
Para o presidente da FRERJ, Paulo Carvalho, o Flamengo conseguiu investir bastante no remo e leva uma certa vantagem.

- Esta temporada foi uma reviravolta no remo carioca, o Flamengo investiu muito no seu departamento de remo e buscou reforçar seu elenco com remadores de outros clubes, causando um movimento no remo que muitos contestaram, mas qualquer conhecedor do esporte sabe que não é a primeira vez que acontece isso no remo, é cíclico - afirmou Paulo Carvalho.

Segundo Paulo Carvalho, o ano de 2019 foi altamente produtivo para o remo carioca, levando os atletas a competirem em altíssimo nível e dominarem o cenário do remo nacional, cuja estrutura das regatas estaduais e do Centro de Treinamento de Remo e Pararemo do Rio de Janeiro amparou o bom funcionamento dos eventos, inclusive as regatas internacionais que foram realizadas pela FRERJ.
Fique por dentro das principais notícias de Futebol


Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

Você e mais 133 mil pessoas estão recebendo esta matéria por sistema de Whatsapp. Se não quiser continuar recebendo mande solicitação de retirada do seu nome da listagem.

Biblioteca