NTCO promove a XII Caminhada contra a Obesidade no próximo dia 27 de outubro, no Dique do Tororó, em Salvador - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

Mário

9 de outubro de 2019

NTCO promove a XII Caminhada contra a Obesidade no próximo dia 27 de outubro, no Dique do Tororó, em Salvador



No local da caminhada, serão disponibilizados diversos serviços como orientação nutricional, avaliação física, orientação para a pratica de exercícios e avaliação fisioterapêutica com sessão de liberação miofascial.

O combate ao sedentarismo é uma das principais medidas para prevenção da obesidade, doença que acomete cerca de 20% da população brasileira.

Com o objetivo de alertar a população sobre os riscos do sedentarismo e estimular a atividade física e os hábitos saudáveis para prevenção e combate à obesidade e ao sobrepeso, o NTCO (Núcleo de Tratamento e Cirurgia da Obesidade) realiza a XII Caminhada no Movimento contra Obesidade, no próximo dia 27 de outubro, no Dique do Tororó. 

A concentração será a partir das 8 horas, na área perto dos restaurantes, onde haverá sessão de aquecimento e exercícios de alongamento. O percurso será feito em torno da lagoa, que tem 2,5 Km. A participação é gratuita, mas para quem desejar usar a camisa da Caminhada, ela pode ser trocada por três quilos de alimentos não-perecíveis a partir do dia 14 até dia 25 de outubro na sede do NTCO (Rua Agnelo de Brito, 187, Centro Odontomédico Henry Dunant, Federação). 

A troca também pode ser feita no próprio dia e local da caminhada, dentro da disponibilidade. Os alimentos arrecadados serão encaminhados para instituições assistenciais. A caminhada tem produção da Aláfia Produções e patrocínio da JE Hospitalar e CAS - Clínica de Anestesiologia de Salvador e conta também com o apoio da Clinfitness, Clínica de Imagem, ATS, Prefeitura Municipal de Salvador, SEMTEL - Secretaria Municipal de Trabalho, Esportes e Lazer e CEL - Central de Licenciamento de Eventos.

Informações através do telefone (71) 3038-0700 ou do site www.ntco.com.br

Através de uma parceria do NTCO com a Clinfitness Saúde, os participantes também poderão fazer gratuitamente avaliação fisioterapêutica com sessão de liberação miofascial. “A liberação miofascial é uma técnica que ajuda a relaxar e alongar os músculos, a liberar as tensões e dores musculares crônicas e promove maior mobilidade e amplitude de movimento, dentre inúmeros outros benefícios à saúde e qualidade de vida”, esclarece o fisioterapeuta Davi Nery.

No local, o NTCO também disponibilizará orientação nutricional, avaliação física e orientação para a pratica de exercícios.

A caminhada integra as comemorações pelo Dia Mundial de Combate à Obesidade e Dia Nacional de Prevenção da Obesidade, comemorado no dia 11 de outubro e também pretende incentivar a pratica da sustentabilidade e o respeito ao meio ambiente. Cada participante deve levar sua própria garrafinha e evitar gerar resíduos durante o evento.

O sedentarismo é o quarto maior fator de risco para doenças crônicas como a obesidade, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Dados da última Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel 2018), do Ministério da Saúde, revelam que o índice de brasileiros com obesidade cresceu 67,8% nos últimos treze anos, saindo de 11,8% em 2006 para 19,8% em 2018. O levantamento também registrou crescimento considerável de brasileiros com sobrepeso (excesso de peso). Mais da metade da população brasileira, 55,7%, sofre de excesso de peso.

“A obesidade é uma doença crônica que impacta na expectativa e na qualidade de vida das pessoas”, afirma o cirurgião bariátrico Erivaldo Alves, diretor do NTCO. Segundo o educador físico Eric Simas, da equipe do NTCO, a atividade física regular e bem orientada é uma forma de prevenir a obesidade e inúmeras outras doenças.

Considerada uma doença crônica, multifatorial, progressiva e que pode causar a morte precoce, a obesidade resulta de um desequilíbrio entre a quantidade de calorias ingeridas e a quantidade gasta, causando acúmulo de gordura. A doença é reconhecida, hoje, como importante problema de saúde pública. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, trata-se de uma epidemia global, decorrente de hábitos alimentares, sedentarismo e fatores genéticos. Uma pessoa com Índice de Massa Corporal (IMC) acima de 30 é considerada obesa. O IMC é calculado dividindo-se o peso da pessoa em quilos por sua altura ao quadrado.

Entre as doenças e complicações associadas ao excesso de peso, estão hipertensão arterial, doenças cardiovasculares, artropatias (doenças das articulações), diabetes mellitus tipo 2, problemas de circulação, refluxo gastroesofágico, apneia so sono (parada respiratória involuntária durante o sono), colesterol alto, esteatose hepática (gordura no fígado), vários tipos de câncer, disfunções respiratórias, distúrbios hormonais, depressão e outros transtornos psicológicos.

Sobre o NTCO

O Núcleo de Tratamento e Cirurgia da Obesidade (NTCO), fundado há 18 anos, atua no tratamento clínico e cirúrgico da obesidade e suas comorbidades. Como agente social na luta contra a doença, o NTCO conta com equipe multidisciplinar com cirurgiões, endocrinologista, fonoaudiólogo, nutricionista, psicólogo, pneumologista, educador físico e fisioterapeuta, oferecendo todo suporte necessário para uma abordagem integral do paciente. A clínica é dirigida pelo cirurgião bariátrico, Erivaldo Alves, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM).



Fotos :: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

Biblioteca