SINDICALISTAS DO PT, PCdoB e PSOL e CUT não permitem e lojas e shoppings ficarão fechados no Dia das Crianças em Salvador - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Post Top Ad

Mário

11 de outubro de 2019

SINDICALISTAS DO PT, PCdoB e PSOL e CUT não permitem e lojas e shoppings ficarão fechados no Dia das Crianças em Salvador




Medida inclui mais de 12 mil estabelecimentos e o prejuízo é de pelo menos R$ 10 milhões.


O comércio de Salvador não funcionará no próximo sábado (12), quando é comemorado o Dia das Crianças. Mais de 12 mil lojas devem ficar fechadas na data, que oficialmente é o feriado da padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida. 

Nesta sexta-feira (11), terminou sem acordo uma reunião entre o Sindicato dos Lojistas (Sindilojas) e o Sindicato dos Comerciários, na sede da Federação do Comércio da Bahia (Fecomércio-BA), na capital baiana. Segundo a Associação Brasileira de Shoppings Centers (Abrasce), o prejuízo nos shoppings é estimado em R$ 10 milhões.

Uma nova proposta aos lojistas foi enviada no início da tarde desta sexta-feira. No documento, os comerciários pedem um reajuste retroativo a junho de 2019 de 8%. Antes, pediram reajuste retroativo a junho de 2018. 

O imbróglio entre lojistas e comerciários de Salvador se arrasta desde o ano passado. No Dia das Crianças, em 2018, o comércio também estava fechado. Naquele ano, ainda havia a decisão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-5) de que os comerciários não trabalhassem aos domingos e feriados por falta de acordo sobre a convenção coletiva da categoria.

Em nota, a Fecomércio-BA reforçou que as empresas soteropolitanas representadas pela Federação não poderão convocar seus funcionários, neste sábado. Além disso, ressaltou que essas empresas poderão abrir normalmente no dia 21 de outubro deste ano, com todo respaldo legal.

O posicionamento encontra respaldo na Lei Federal 12.790/2013 que estabeleceu o dia 30 de outubro como o Dia do Comerciário, sem instituir feriado na data. A suspensão do dia de trabalho, ocasionalmente estabelecida para a terceira segunda-feira de outubro, é uma liberalidade acordada em Convenção Coletiva, sem ela não feriado para categoria.



Foto : Valter Campanato/Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

Biblioteca