Em Brasília, professor é demitido após pedir redação sobre 'sexo oral e anal' a alunos - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Audima

19 de novembro de 2019

Em Brasília, professor é demitido após pedir redação sobre 'sexo oral e anal' a alunos




Um professor de português de uma escola pública no Distrito Federal acabou demitido após se envolver em uma polêmica. Segundo a Secretaria de Educação do DF, Wendel Santana, 25 anos, teria pedido aos alunos uma redação sobre "sexo oral e anal". O fato aconteceu em uma classe com estudanes do 6ª ano, com média de 12 anos de idade, no Centro de Ensino Fundamental (CEF) 104, da Asa Norte.

Na aula, o educador usou expressões explícitas ao falar do sexo com os alunos.Segundo a Secretaria de Educação, o professor era temporário e acabou sendo desligado após o episódio. O diretor da escola e cinco famílias registraram queixa contra o professor na delegacia. 

Professor se defende

Em sua defesa, Wendel Santana afirmou que não recebeu "treinamento adequado" por parte da escola e que seu objetivo era fazer um exercício de linguagem para os alunos."A linguagem que eles trazem pra mim é uma linguagem totalmente informal. Foi isso que eu vi. O exercício que eu propus foi trazer essa informação de linguagem informal e adaptá-la para uma linguagem formal, que é a linguagem da educação de fato", diz.



Com informações do Correio Braziliense / Crédito da Foto: Ag.Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->