Hóspede discute com esposa e atira em funcionários de hotel em Boa Viagem, no Recife - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

Audima

4 de dezembro de 2019

Hóspede discute com esposa e atira em funcionários de hotel em Boa Viagem, no Recife



Segundo a Polícia Civil, homem atirou contra segurança que interveio na briga dele com a mulher e em outro funcionário. Mulher prestou depoimento nesta quarta (4).



Um homem discutiu com a esposa e atirou em dois funcionários do Mar Hotel, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, na noite da terça-feira (3), segundo a Polícia Civil. Os dois feridos foram socorridos. A mulher foi encaminhada à delegacia e prestou depoimento nesta quarta-feira (4).

A investigação apontou que o homem estava hospedado no local com a mãe dele e a esposa. O motivo da briga do casal não foi informado. Um segurança foi acionado para a confusão e, ao intervir, foi baleado, segundo o registro policial. Após o tiro, o homem fugiu e, no caminho, atingiu outro funcionário do hotel.

Os dois baleados foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Imbiribeira, também na Zona Sul, e depois transferidos para o Hospital da Restauração (HR), na área central do Recife. De acordo com o HR, José Edson Lima Júnior, 34 anos, e José Fernando Freire da Silva, 43 anos, foram levados para a Unidade de Trauma.

Ainda segundo o hospital, José Edson deu entrada à 1h58 com ferimento no abdômen e recebeu um dreno toráxico. Como teve fratura exposta na perna, foi submetido a uma cirurgia e tem quadro clínico estável. O HR informou que José Fernando chegou no local às 2h40, sofreu lesão medular, está consciente e orientado e tem quadro clínico estável.

As duas tentativas de homicídio são investigadas pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Em nota, a Polícia Civil informou que "se pronunciará ao final do caso".

A esposa do homem responsável pelos disparos prestou depoimento na Delegacia da Mulher, em Santo Amaro, no Centro do Recife, e foi liberada na manhã desta quarta (4). No local, informaram que ela preferiu não fazer exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML).



Foto: Marina Meireles/G1/G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->