Em dois dias, Defesa Civil atende 35 ocorrências de risco de desabamento em Fortaleza - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

11 de janeiro de 2020

Em dois dias, Defesa Civil atende 35 ocorrências de risco de desabamento em Fortaleza



Órgão relata que 18 ocorrências foram registradas apenas nesta quarta-feira (8). Regional VI apresentou o maior número de chamados durante os dois dias.



Com a incidência de chuvas no começo do ano na Capital cearense, a Defesa Civil registrou 35 ocorrências de risco de desabamento. Apenas nesta quarta-feira (8), 18 ocorrências foram atendidas, enquanto quinta-feira (9) teve outras 17. Os números estão no relatório divulgado pelo órgão durante as mesmas datas.

Conforme o relatório, durante os dois dias, a Regional VI, que abrange 29 bairros da Capital, como Aerolândia e a Cidade dos Funcionários, apresentou os maiores números de casos, com cinco chamados atendidos na quarta-feira (8) e seis nesta quinta-feira (9). Em seguida, a Regional IV aparece com quatro casos na primeira data e dois casos na segunda data. A Regional III surge com dois casos no primeiro dia e três no segundo.

Já o Centro, nos dois dias, registrou três ocorrências de risco de desabamento. As Regionais I, II e V somaram os outros dez casos nas datas. 

Outras ocorrências

Além do risco de desabamento, a Defesa Civil também atendeu duas ocorrências de inundação e uma de alagamento na quarta-feira (8), ambas também na Regional VI. Já nesta quinta-feira (9), um incêndio também foi registrado na Regional VI e três alagamentos na Regional V.

Mais de 90 cidades cearenses já registraram a ocorrência de chuvas. Para esta sexta-feira (10), a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) prevê nebulosidade variável com eventos de chuvas em todas as regiões. 

Para denúncias, a população pode ligar gratuitamente para Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), que funciona 24 horas por dia.



Foto: José Leomar/SVM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->