Ferroviário empata com Caucaia e segue sem vencer no Cearense - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

12 de janeiro de 2020

Ferroviário empata com Caucaia e segue sem vencer no Cearense



No estádio Raimundo de Oliveira, a Raposa e o Tubarão ficaram no 1 a 1 — ambos reclamando da arbitragem.




O Ferroviário segue sem saber o que é vitória neste Campeonato Cearense. Na tarde deste domingo, 12, o Tubarão da Barra ficou no 1 a 1 com o Caucaia, no estádio Raimundo de Oliveira, em Caucaia. Os gols do jogo foram marcados por Wellington Rato (Ferroviário) e Kaká (Caucaia).

Com o empate, o Ferroviário chegou aos dois pontos em três jogos e agora é o quinto colocado, a sete pontos do Barbalha, líder do campeonato até aqui. Já o Caucaia chegou à terceira posição, com cinco pontos. na próxima quarta-feira. Enquanto o Ferroviário encara o Floresta, no PV, o Caucaia enfrenta o Horizonte, no Elzir Cabral.

O JOGO

O Ferroviário começou a partida em cima. A primeira chance clara foi logo aos três minutos. Após escanteio, a bola sobrou para cruzamento do bico da grande área. Magno Alves, livre, se esticou todo para completar, mas mandou por cima do gol. O Ferrão continuou a pressão e chegou ao seu gol logo. Aos 10 minutos, Léo Bahia driblou Matheus Sousa e foi derrubado na área. Wellington Rato bateu o pênalti com muita categoria e colocou o Ferrão à frente do marcador.

O Caucaia reagiu aos 17. Em cobrança de falta, Matheus Sousa acertou o travessão. O jogo se equilibrava, mas os goleiros pouco trabalharam. Foi somente aos 31 que Ricardo foi obrigado a trabalhar. Chute cruzado rasteiro já dentro da área, ele defendeu, mas não conseguiu tirar a bola da pequena área. Se não fosse a zaga para cortar, o Ferroviário ampliaria. Quem não faz… Aos 42 minutos do primeiro tempo, Kaká recebeu na grande área de Brunão. Ele ajeitou e encheu o pé para empatar o jogo.

O jogo voltou do intervalo com poucas emoções. Quando chegavam, os times tropeçavam na falta de criatividade e precisão para transformar os lances em chances reais de jogo. Aos 17, Léo Bahia chegou a mandar a bola para o fundo do gol, mas arbitragem pegou falta dele no goleiro Ricardo. Em seguida, Brunão chutou forte e obrigou o goleiro Nicolas a fazer boa defesa. Willian Machado completou para impedir que o Caucaia aproveitasse o rebote.

A entrada do atacante Tito no Ferroviário trouxe mais lances de perigo ao Ferrão. O jogador teve boa chance teve boa chance aos 36, mas, da entrada da área, pegou muito embaixo e não conseguiu acertar o gol. Aos 39, em boa jogada com Magno, a finalização de Tito parou na cabeça do zagueiro. Apesar dessa fumaça, não foi suficiente para desempatar o jogo. A partida terminaria mesmo empatada, para desgosto de ambas as torcidas. Houve algumas vaias e grito de "queremos jogador", este por parte da torcida do Ferroviário.

Após o jogo, ambas as equipes reclamaram da arbitragem. Para o técnico Marcinho Guerreiro, o pênalti foi "escandaloso". Já o atacante Léo Bahia reclamou do seu gol que foi anulado. "Nem trisquei nele", disse, referindo-se ao goleiro.

FICHA TÉCNICA

Caucaia 1 x 1 Ferroviário

Caucaia: Ricardo, Matheus Sousa, Ciro Sena, Túlio e Iury Kaique; Dim, Jackson Caucaia e Mateusinho (Paulinho); Nael (Brunão), Jacaré e Kaká (Índio). T: Marcinho Guerreiro

Ferroviário: Nicolas, Willians Moraes, Diego Bispo, Magno Alves e Willian Machado; Felipe Macena, Magno, Caíque (Elves) e Wellington Rato (Tito); Léo Bahia e Eriky (Yago). Técnico: Zé Teodoro

Gols: Wellington Rato (10min/1ºT) e Kaká (42min/1º T)

Estádio: Raimundo de Oliveira, em Caucaia

Cartões Amarelo: Magno, Willian Machado e Diego Bispo (Ferroviário); Jacaré e Kaká (Caucaia)


Foto: Aurélio Alves/O POVO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->