Passei no ENEM, e agora? Confira 5 docas para começar sua vida universitária - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

16 de janeiro de 2020

Passei no ENEM, e agora? Confira 5 docas para começar sua vida universitária



O dia mais aguardado por cerca de 4 milhões de estudantes brasileiros chegou e, nesta sexta-feira, 17 de janeiro, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) divulga o resultado do ENEM 2019. Mas se a expectativa é alta para saber as notas das provas, você sabe o que fazer após consultar o seu desempenho? Aqui, separamos algumas dicas que vão te ajudar a dar o próximo passo rumo à vida universitária.

1. Conhecer os programas voltados para o ensino superior

Hoje, o Governo Federal disponibiliza uma série de iniciativas de democratização do acesso às universidades e faculdades. O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) utiliza a nota do ENEM como critério para o ingresso em instituições públicas.

Já o Programa Universidade para Todos (Prouni) oferece bolsas integrais e parciais em instituições privadas; e o Fies, programa de financiamento estudantil, oferece empréstimos com juros baixos para quem não tem condições de pagar as mensalidades.

2. Ficar atento ao cronograma de cada programa

Cada um desses programas de acesso ao ensino superior possui um cronograma de inscrições específico, por isso é importante ficar ligado nas datas. Confira abaixo:

SISU – 21 a 24 de janeiro, pelo endereço http://www.sisu.mec.gov.br/

Prouni – 28 a 31 de janeiro, no site http://prouniportal.mec.gov.br/

Fies – 05 a 12 de fevereiro, acessando http://fies.mec.gov.br/

3. Usar a nota do ENEM para entrar numa universidade sem fazer vestibular

Algumas faculdades privadas permitem que o aluno utilize a nota do ENEM para fazer a matrícula sem precisar fazer nenhum tipo de prova. No entanto, cada instituição possui suas próprias regras e critérios quanto a essa forma de ingresso. Além disso, há instituições com programas de concessão de descontos nas mensalidades e bolsas de estudos integrais/parciais.

4. Fazer uma pesquisa sobre a universidade onde deseja estudar

Antes de fazer a matrícula numa universidade, é essencial buscar informações sobre a instituição. “O conceito obtido junto ao Ministério da Educação é um bom indicador, uma vez que reconhece os investimentos da universidade em ensino, pesquisa e extensão, além de destacar excelência acadêmica, a qualidade do corpo docente e do conteúdo pedagógico”, afirma Carla Batista, gerente de Marketing da UNIFACS.

5. Observar se a universidade une teoria e prática

Saem na frente no mercado aqueles profissionais que combinam bom repertório acadêmico-conceitual com conhecimento técnico. Por isso, é importante optar por faculdades que aliem teoria e prática. Uma dica é checar se a instituição conta com laboratórios e núcleos práticos referentes a cada área de atuação.

Viva a universidade – Com conceito 5 atribuído pelo Ministério da Educação e maior Índice Geral de Cursos – IGC entre as universidades privadas das regiões Norte e Nordeste, a UNIFACS possui 47 anos de atuação e oferece cursos de graduação (bacharelado e tecnológica), nas modalidades presencial e à distância, e de pós-graduação lato (especializações e MBA’s) e stricto sensu (mestrados e doutorados).

Com sete campi em Salvador, um em Feira de Santana e polos EAD espalhados por diversos municípios baianos, a universidade possui modernos laboratórios, atividades práticas, de pesquisa, projetos de extensão e uma Central de Carreiras que ajudam os estudantes em seu sucesso profissional.

A UNIFACS é uma das universidades na capital baiana que permite o ingresso mediante a nota do ENEM, sem necessidade de fazer vestibular. A instituição também oferece programas próprios de bolsas de estudo para outras formas de ingresso como o vestibular agendado, o vestibular tradicional, transferência externa e portador de diploma, além da parceria com o “Quero bolsa”. Condições podem ser consultadas no endereço www.viva.unifacs.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->