Aviões com brasileiros que estavam na China chegam ao Brasil - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

9 de fevereiro de 2020

Aviões com brasileiros que estavam na China chegam ao Brasil




Os 34 brasileiros repatriados ficarão em Anápolis (GO), em quarentena. Antes disso, as aeronaves aterrissaram em Fortaleza para escala técnica. Aviões com 34 brasileiros vindos da China chegam ao Brasil e fazem escala no Aeroporto de Fortaleza.



As aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) trazendo os 34 brasileiros que moravam em Wuhan, na China, chegaram ao Brasil na madrugada deste domingo (9). A cidade de origem é o epicentro da epidemia do novo coronavírus. Os aviões chegaram pelo Aeroporto de Fortaleza, por volta de 1h45, onde fizeram uma parada técnica para abastecimento. Em seguida, partiram para Anápolis, em Goiás, onde pousaram às 6h05 e 6h12. Os repatriados não apresentam sintomas do vírus.

Durante o pouso na capital cearense, os aviões da FAB tiveram prioridade para solicitar a aterrizagem, buscando diminuir o tempo das operações programadas em solo, como reabastecimento das aeronaves. Segundo a Fraport, administradora do aeroporto, não foram necessárias mudanças nos horários de voos comerciais. 

Desde que saíram da China, os aviões fizeram escalas em Varsóvia, na Polônia; e Las Palmas, na Espanha. O Palácio do Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores, agradeceu em nota divulgada neste sábado (8) os governos da Espanha, Polônia e China por terem permitido os pousos das aeronaves brasileiras.

A operação de repatriação foi organizada pelo governo a partir dos pedidos dos brasileiros que estavam em Wuhan. Outros países também realizaram a busca de seus cidadãos na China. 

Os repatriados vão permanecer em quarentena por 18 dias, no hotel de trânsito da Base Aérea de Anápolis, que foi especialmente preparado para essa operação. A tripulação – médicos, pilotos, enfermeiros, etc... – que participou do resgate também vai cumprir período de quarentena.

Todos ficarão em apartamentos individuais ou, no caso dos que são pais ou mães de crianças menores, poderão ficar no mesmo quarto. O grupo inclui crianças de 2 e 3 anos e outras de 7 a 12 anos. As visitas estão proibidas.



Foto ::: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->