Elevador quebrado obriga pacientes a se arrastarem nas escadas no Hospital Santa Izabel em Salvador - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

11 de fevereiro de 2020

Elevador quebrado obriga pacientes a se arrastarem nas escadas no Hospital Santa Izabel em Salvador




Aline Damazio / BNews


Pacientes com muletas enfrentando dor e descendo de um em um degrau, idosos com dificuldade de locomoção e se escorando nos acompanhantes para subir as escadas, cadeirantes carregadas por enfermeiros. Essa é a situação que pacientes enfrentam no Hospital Santa Izabel, no bairro de Nazaré, em Salvador, devido ao elevador quebrado há mais de 90 dias.

O hospital é referência em tecnologia com certificação digital, cirurgia robótica, acesso através do QR Code para avaliar serviços, contudo o conserto de um equipamento que auxilia no deslocamento de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) continua com a arcaica demora de três meses e sem solução a curto prazo. A unidade de saúde realiza, anualmente, 145 mil consultas no local, segundo dados de 2017.

O novo obstáculo que os pacientes com dificuldade de locomoção enfrentam no hospital amplia a demora de atendimento e fomenta a insatisfação dos usuários da unidade de saúde. “Meu pai é idoso, cadeirante. Ele fez cirurgia com otorrino e somos obrigados a carregá-lo pelas escadas, pois o médico é no primeiro andar e o local dos exames é térreo. Teve um dia que ajudei a subir e descer mais de dez idosos que não estavam com acompanhantes e não sabiam o que fazer para ter acesso ao andar superior. Além do problema, prolonga a espera por atendimento. Isso desde o ano passado”, diz o acompanhante que preferiu anonimato. 

De acordo com uma familiar de outro paciente, não é a primeira vez que o equipamento passa um longo tempo em manutenção. “Já aconteceu de o elevador quebrar, mas desta vez está demorando muito para consertar”, diz a senhora que acompanha um paciente de Valença que não quis se identificar. 

As imagens exclusivas do BNews flagram o momento em que um idoso com muita dificuldade sobe as escadas. Outras pessoas mancando são obrigadas a deixar a muletas de lado e descerem amparadas no corrimão. 

Em nota, a assessoria do Hospital Santa Izabel informou que alterou o fluxo de pacientes no Ambulatório Silva Lima para que pessoas com dificuldade de locomoção sejam atendidas em salas devidamente preparadas no térreo da própria unidade, enquanto a substituição do elevador especial é providenciada.

Ainda de acordo com o hospital, foi disponibilizado um colaborador para orientar os pacientes quanto ao local de atendimento e um novo equipamento já foi adquirido pelo hospital. A empresa responsável pela instalação vai realizar a devida substituição, mas a data para o elevador voltar a funcionar não foi informada pela assessoria do hospital.



Foto ::: Internauta BNews / Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->