Suspeito de tentar matar a esposa com cerca de 15 facadas em Feira de Santana tem prisão preventiva decretada - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

10 de fevereiro de 2020

Suspeito de tentar matar a esposa com cerca de 15 facadas em Feira de Santana tem prisão preventiva decretada

O advogado construído pela família da vítima, Renildo Brito, acompanhou a audiência, e informou que Jeremias já responde a um processo por homicídio.
Foto: Reprodução

O suspeito de tentar matar a esposa com cerca de 15 facadas, na noite do último sábado (8), Jeremias Souza da Conceição, passou pela audiência de custódia com a juíza Márcia Simões Costa na manhã dessa segunda-feira (10). A juíza decretou a prisão preventiva e ele ficará preso no Conjunto Penal de Feira de Santana.

A tentativa de feminicídio aconteceu no apartamento onde ele mora com a vítima Elisângela Santos Oliveira Conceição, localizado no condomínio Parque Viver Stylo, no bairro Conceição. Jeremias é funcionário da TV Subaé. A afiliada a Rede Bahia divulgou uma nota de repúdio (confira no final da matéria).

Jeremias chegou ao Fórum Desembargador Filinto Bastos acompanhado por dois policiais civis da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), por volta das 11h, e saiu por volta das 12h10.

O advogado constituído pela família da vítima, Renildo Brito, acompanhou a audiência, e informou que Jeremias já responde a um processo por homicídio.


“Foi decretada a prisão preventiva do acusado e a juíza não concedeu efetivamente ao competente advogado dele, que pautou pela liberdade provisória. Jeremias é acusado de um crime anterior, ele está respondendo na Vara do Júri um crime de homicídio e ele não poderia nem ter sido liberado. Ele poderia ceifar a vida de uma mulher, esposa, companheira, mãe do filho dele e não pode ficar solto, é um ser humano que despreza a vida humana. (...) Ele, premeditadamente, tirou a esposa do trabalho, levou-a com a finalidade de matá-la, tanto que queria tocar fogo, isso é algo animalesco, assim dizer, por uma pessoa dentro da sociedade, com uma companheira. Ele convivia com sua esposa há mais de 15 anos e a família está muito triste com isso, está lá o filho gritando, como mostra nas redes sociais, 'mainha, mainha', mas ele tinha a vontade de matá-la, de ceifar a vida da companheira”, declarou.

O advogado Guga Leal, disse ao Acorda Cidade que vai impetrar um habeas corpus e Jeremias declarou na audiência estar arrependido, que ele não tinha a intenção de matar.

“O flagrado confirmou o que aconteceu. Disse que de fato brigou com a companheira. Que está muito arrependido e não teve intenção nenhuma de matar. Os dois tiveram lesões, infelizmente a lesão dela foi muito mais grave. Ele disse para a juíza que está arrependido, não por estar preso, mas por ter cometido essas lesões na esposa, com quem conviveu por 15 anos, e disse que está à disposição da justiça. A gente vai ter acesso aos fatos de como ocorreu. A juíza decretou a prisão preventiva dele neste primeiro momento e deixou claro que a partir de novos fatos, que venham a acontecer ela vai analisar a possibilidade de colocá-lo em liberdade. Não estamos satisfeitos com a decretação da prisão preventiva e vamos impetrar um habeas corpus no Tribunal de Justiça da Bahia”, afirmou.


(Acorda Cidade)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->