Transexual cearense é morta a facadas em São Paulo - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

13 de fevereiro de 2020

Transexual cearense é morta a facadas em São Paulo



Um amigo da vítima, que não quis se identificar, disse que Katarina decidiu se mudar para SP para trabalhar e ajudar no sustento da família. 



A transexual cearense Katarina Silva, 21 anos, foi morta a facadas no Parque do Carmo, em São Paulo, nesta quarta-feira (12).Um amigo da vítima, que não quis se identificar, disse que Katarina morava em São Paulo há três anos e decidiu se mudar para trabalhar na cidade e ajudar no sustento da família em Fortaleza. 

Ainda conforme o amigo, familiares estão resolvendo os trâmites para o traslado do corpo ao Ceará. "Ela era simpática, alegre, muito amiga de todos", acrescentou o amigo. 

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo, a vítima foi encontrada por volta das 6h18 desta quarta-feira no Parque do Carmo, na zona leste na cidade de São Paulo. A pasta disse que está investigando a motivação do crime bem como os suspeitos envolvidos na morte.

Ainda conforme a pasta, o caso está sendo investigado pelo Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa.



Foto ::: Arquivo Pessoal / Redes Sociais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->