Mercadorias tem chegado normalmente ao Centro de Abastecimento de Feira de Santana, diz diretor - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

QRCode

21 de março de 2020

Mercadorias tem chegado normalmente ao Centro de Abastecimento de Feira de Santana, diz diretor



O fluxo de pessoas aumentou bastante e no local também estão sendo tomadas várias medidas de precaução com o objetivo de evitar o contágio do Covid-19.


O Centro de Abastecimento registrou aumento das vendas e no movimento de clientes na sexta-feira (20). Depois do decreto do prefeito Colbert Martins de que o comércio de Feira de Santana ficará fechado a partir de hoje (21) até o dia 29 de março, em virtude da precaução para que seja evitada a proliferação do coronavírus, muitas pessoas, aproveitaram para ir às compras.

O diretor do entreposto comercial, Cristiano Santos Gonçalves, informou ao Acorda Cidade que estão sendo tomadas várias medidas de precaução com o objetivo de evitar o contágio do novo coronavírus. Ele salientou ainda o local terá o funcionamento normal. Não ficará fechado como muitas pessoas estão imaginando e de acordo com ele, não haverá desabastecimento de alimentos na cidade.

“As pessoas estão na preocupação de fazer estoque de alimento e hoje hoje o fluxo está muito grande. Estamos tomando todos os cuidados. Temos uma central de rádio, sempre estamos dando as orientações. Os funcionários estão todos orientados usando máscara e receberam o álcool em gel. Em todos os banheiros colocamos água e sabão para que as pessoas possam se precaver e higienizar as mãos. Estamos seguindo o decreto do prefeito de não fechar, assim como os supermercados e de não desabastecer a cidade. Estamos funcionando normalmente e orientando as pessoas que trabalham aqui e os clientes. Pedimos que as pessoas venham com a consciência de não fazer aglomeração e manter a higienização”, declarou.

O diretor do Centro de Abastecimento comentou sobre o comportamento de algumas pessoas de estocar alimentos e observou que não é preciso correria para comprar e estocar os produtos. "Nosso fluxo está normal e eu quero tranquilizar as todos. As pessoas podem vir com tranquilidade e fazer as suas compras”, esclareceu.

O músico Carlos Silva Pereira foi até o Centro de Abastecimento na sexta-feira para comprar ração para seu cachorro e afirmou que está saindo de casa somente para comprar o que é necessário.

“Precisei vir até o Centro de Abastecimento, mas já estou voltando para casa. Vou ficar em quarentena”, salientou.

O comerciante Ronie do Santos Almeida contou que o movimento nas vendas aumentou cerca de 20% e estão sendo tomados todos os cuidados com a higiene para combater o coronavírus.

“O centro está normal. Enquanto o governo falar que ficará aberto nós estaremos aqui trabalhando para servir a população de Feira”, pontuou.

Virgínio Rodrigues de Souza, proprietário de uma padaria, também esteve no entreposto comercial para fazer compras e reabastecer seu comércio. Ele observou que também tomou todas as precauções e está atento para evitar a contaminação.

“Estou vindo por necessidade. Se não fosse isso eu não viria. Aqui tem gente de todos os lados e temos que ficar atentos”, salientou.

Edimilson Trindade, que trabalha como açougueiro no galpão de carnes do Centro de Abastecimento, disse ao Acorda Cidade que houve aumento nas vendas em seu boxe.

“Muita gente está pensando que o centro estará fechado, mas está tudo normal. Aqui as pessoas vão achar os produtos e os alimentos que precisam e nada vai faltar”, concluiu.



Com informações e foto do repórter Paulo José do Acorda Cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->