Polícia registra 5 assassinatos no fim de semana em Feira de Santana; número de homicídios no ano sobe para 100. Nenhuma morte foi por coronavírus, mas a grande mídia não dá a mínima - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

30 de março de 2020

Polícia registra 5 assassinatos no fim de semana em Feira de Santana; número de homicídios no ano sobe para 100. Nenhuma morte foi por coronavírus, mas a grande mídia não dá a mínima



Os crimes aconteceram nos bairros Tomba, Mangabeira, George Américo, Feira X e Fraternidade.




Cinco pessoas foram assassinadas entre sábado (28) e domingo (29) em Feira de Santana, elevando para 37 o número de homicídios no mês, no município, e para 100 no ano.

Entre as vítimas está o ajudante de pedreiro Geovane Jesus dos Reis, de 28 anos. Ele foi assassinado a tiros por volta das 21h30 de domingo na Rua Salmo 24 no conjunto Fraternidade. Segundo a polícia, Geovane foi alvejado em várias partes da cabeça e na barriga.

Os tiros foram disparados por pessoas não identificadas até o momento. Ainda segundo a polícia, Geovane morava na Rua Salmo 26, no mesmo conjunto onde foi morto. O motivo do crime é desconhecido.

Feira X

Um homem ainda não identificado foi assassinado com vários tiros na madrugada de domingo, na Rua A, do Conjunto Feira X. Populares informaram para a polícia que dois homens que estavam em uma motocicleta efetuaram os disparos.  

Tomba

Romário Almeida Santos, de 40 anos, foi encontrado morto na manhã de sábado, na Rua dos Operários, Quadra D, no bairro Tomba.

De acordo com a polícia, a vítima morava no bairro Santo Antônio dos Prazeres, e foi encontrada com a bermuda abaixo do joelho. 

George Américo

O pedreiro Wilque Silva dos Santos, de 28 anos, que morava na Rua B Vasp no conjunto George Américo, foi assassinado por volta das 15h30 de domingo, na Rua A1, Asa Delta no conjunto George Américo.

Ele foi alvejado com cerca de quatro tiros nas costas, cabeça e abdômen. 

Mangabeira

Um jovem de 28 anos foi assassinado por volta das 15h deste sábado (28), na área do residencial Minha Casa Minha Vida (MCMV), Iguatemi III, no Bairro da Mangabeira. Segundo a polícia, Taique gomes de Oliveira foi alvejado com cerca de 11 tiros. Não há outros detalhes sobre este crime.  

Confronto com a polícia

Ainda no fim de semana dois homens morreram em troca de tiros com a polícia nos bairros Aviário e Gabriela.



Imagem :::: Ilustrativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->