Supermercados de Salvador devem ter horários exclusivos para idosos, determina prefeitura; veja novas medidas - Observador Independente

Acontecendo

Post Top Ad

Bem-vindo. Hoje é

QRCode

25 de março de 2020

Supermercados de Salvador devem ter horários exclusivos para idosos, determina prefeitura; veja novas medidas




Estabelecimentos devem abrir das 7h às 9h para atender exclusivamente ao público a partir de 60 anos. Cobrança da Zona Azul foi suspensa e salários de aposentados devem ser antecipados.



O prefeito de Salvador, ACM Neto, anunciou na noite de terça-feira (24) novas medidas que serão tomadas em Salvador para conter o avanço do novo coronavírus.

Entre elas, o prefeito determinou que a partir de quinta-feira (26), os supermercados devem abrir das 7h às 9h para atender, exclusivamente, ao público com idade a partir de 60 anos. Recomendou ainda que haja serviço de delivery nas principais redes, priorizando atender os idosos.

ACM Neto anunciou ainda a antecipação do pagamento dos salários dos aposentados e pensionistas do município para 48h antes dos vencimentos dos servidores.

Além disso, foi suspensa a cobrança do serviço de Zona Azul. O prefeito de Salvador informou que enquanto estivermos vivendo a crise, não haverá a cobrança.

A rotina da cidade de Salvador já sofre alteração há alguns dias, desde que o número de casos de Covid-19 aumentaram na Bahia. Até a manhã desta quarta-feira (25), o número de pacientes infectados pelo coronavírus na Bahia passava de 70.


Além dessas medidas, está suspensa pelo prazo de 15 dias, a partir desta quarta, o funcionamento de casas de shows e espetáculos, boates, danceterias, salões de dança, casas de festas e eventos, clínicas de estéticas e salões de beleza.

Bares, restaurantes e lojas de conveniência que ficam em postos de combustíveis funcionarão de forma restrita: poderão efetuar entregas em casa e disponibilizar alimentos e bebidas para serem consumidos fora do ambiente.

Também está vetada qualquer atividade sonora na cidade, pelo mesmo prazo, em locais públicos e estabelecimentos particulares, fechamento de mercados municipais que não comercializam itens de primeira necessidade, suspensão de atividades nas academias dos prédios, além de obras em condomínio já habitados, inclusive as que já estão em andamento, exceto as de caráter emergencial.

Obedecendo ao decreto publicado pelo Governo do Estado, as reuniões que envolvem igrejas e templos religiosos poderão contar com, no máximo, 50 pessoas. Desde o último sábado (21), já não funcionam em Salvador shoppings centers e centros comerciais. As praias foram interditadas e houve redução nas linhas de ônibus que circulam pela capital baiana.

Universidades, autoescolas, academias, parques e equipamentos culturais também estão com as portas fechadas.




Foto: Reprodução/ TV Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->