Defesa diz que Iuri Sheik está "muito doente", confirma pedido de soltura, mas garante que não há prazo para definição - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

30 de abril de 2020

Defesa diz que Iuri Sheik está "muito doente", confirma pedido de soltura, mas garante que não há prazo para definição



Advogados de Iuri dos Santos Abrão Silva, mais conhecido como 'Iuri Sheik', pediram que ele seja libertado. A alegação é a de que o ex-empresário, custodiado no Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador, desde junho de 20019, após assassinar a tiros o ex-produtor William Oliveira, na cidade de Santo Antônio de Jesus, está "muito doente". 

Um atestado médico divulgado no início da semana, contudo, mostra que Iuri foi diagnosticado com síndrome gripal. Sheik é portador de asma, uma das doenças respiratórias crônicas que fazem parte do grupo de risco da Covid-19. A doença pode ser controlada e o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece o tratamento. 


Em contato com o Aratu On, um dos advogados do ex-empresário, Victor Valente, não quis dar detalhes sobre o estado de saúde do seu cliente e garantiu que não há prazo para uma decisão final. "O pedido foi feito, mas ele tramita normalmente na Justiça, sem previsão de quando teremos um retorno. Ele pode sair a qualquer momento, sim, porque a resposta pode sair a qualquer momento, mas não tivemos nenhuma resolução até agora", disse. 

Para o advogado da família de William Oliveira, Gabriel Bonfim, a doença não impede o suspeito de permanecer preso. Segundo Bonfim, Iuri é considerado, perante a lei, um cidadão de alta periculosidade, pois responde pelo crime de homicídio.

O Conselho Nacional de Justiça decidiu que a liberdade provisória em razão do perigo de contágio por coronavírus será dada apenas a custodiados no sistema socioeducativo, destinado a menores infratores. Mulheres gestante, lactantes, mães ou pessoas responsáveis por criança de até doze anos ou por pessoa com deficiência, assim como idosos, indígenas, pessoas com deficiência ou que se enquadrem no grupo de risco também podem usufruir do benefício. Iuri não pode ser enquadrado em nenhuma destas categorias. 

A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) informou ao Aratu On que Iuri foi examinado, medicado, e passa bem. Além disso, o órgão reforçou que o juiz avaliou o caso dele e determinou que o jovem está apto a permanecer em regime fechado.


Crédito da foto ::::: Divulgação/SSP/Arquivo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->