☔ Chuvas nas primeiras horas desta quinta-feira em Aracaju ultrapassam previsão para todo o dia - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

21 de maio de 2020

☔ Chuvas nas primeiras horas desta quinta-feira em Aracaju ultrapassam previsão para todo o dia



No mês de maio, já foram mais de 225 milímetros. O montante fez com que a barragem do Poxim vertesse.



Nas primeiras horas desta quinta-feira (21), choveu mais de 18,6 milímetros em Aracaju. A previsão apontava que em todo o dia choveria 15 milímetros. De acordo com a Defesa Civil, foram 32,2 mm nas últimas 24 horas e de 100 mm nas últimas 48 horas.


Em todo o mês já foram mais de 225 mm. O montante fez com que a barragem do Poxim vertesse.

Na região do Largo da Aparecida, no Bairro Jabotiana, foram registrados alagamentos e a o órgão realizou a retirada de grupos vulneráveis, público mais atingido pelo possível transbordamento do rio Poxim Mirim, na tarde dessa quarta-feira (20). Foram 19 famílias acolhidas em um hotel da cidade.

"Nos antecipamos à situação. Recebemos o alerta da Defesa Civil e após uma reunião com o Comitê de Gerenciamento de Crise, decidimos retirar essas pessoas de suas residências e levá-las para um lugar seguro para evitar aglomerações por conta da pandemia do novo coronavírus. Os pertences dessas famílias serão recolhidos pela Empresa Municipal de Serviços Urbanos, a Emsurb, e levados para um galpão da secretaria", disse a secretária da Assistência Social de Aracaju, Simone Passos.

Largo da Aparecida nesta quinta-feira (21) — Foto: Reprodução/TV Sergipe

O monitoramento da Defesa Civil continua na área para identificar os possíveis riscos. "Em maio, há maiores ocorrências de chuvas. Estamos agindo preventivamente porque há indícios de um transbordamento do rio Poxim Mirim. Continuaremos atuando nesses locais para orientar e convencer outras pessoas a saírem de suas casas. Caso haja um transbordamento, teremos mais facilidade para salvaguardar as vidas das famílias e seus pertences", informou o coordenador da Defesa Civil de Aracaju, major Sílvio Prado.

"A chuva não é o principal fator do transbordamento e da nossa atenção nesse rio. As chuvas que aconteceram em outros municípios pelos quais ele passa, como Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão, Itaporanga D'ajuda e Areia Branca acabam desaguando no Poxim Mirim, que não tem represamento e barragem. Com isso, somando-se a água da chuva que cai no leito, pode causar o extravasamento nesse local, que possui o relevo mais baixo", disse Prado.

Pertences de morador do Largo da Aparecida, no Bairro Jabotiana, em Aracaju, sendo recolhidos pela Emsurb — Foto: PMA/Divulgação

Laranjeiras

Na quarta-feira, moradores do município de Laranjeiras, que é banhado pelo Rio Cotinguiba, acordaram com muita chuva. Após atuação da prefeitura da cidade, da Defesa Civil estadual e do Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros, cerca de 60 famílias que tiveram as casas inundadas foram alojadas em uma creche e uma escola.

Já nesta quinta-feira, segundo a assessoria de comunicação da prefeitura, as chuvas estão fracas e a situação está controlada. As pessoas assistidas estão recebendo alimentação e kits de higiene, incluindo álcool em gel contra o novo coronavírus.


Largo da Aparecida nesta quinta-feira — Foto de capa :::: Cleverton Macedo/TV Sergipe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->