OPINIÃO 🐛 Governo fascista de Bolsonaro esquece MEI e prioriza Bolsa Família. Uns trabalham para sustentar milhões. Pare de sustentar esses sanguessugas, cancele seu CNPJ - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

19 de maio de 2020

OPINIÃO 🐛 Governo fascista de Bolsonaro esquece MEI e prioriza Bolsa Família. Uns trabalham para sustentar milhões. Pare de sustentar esses sanguessugas, cancele seu CNPJ



Você que é MEI vai continuar suando a camisa para alimentar com seu sangue milhões de sanguessugas do BF? Anule seu CNPJ e volte a trabalhar normal e informalmente, não vale a pena o sacrifício da sua família. 



São milhões de micro empreendedores individuais que produzem de tudo no país. Geram riquezas cinco vezes mais que a grande indústria. Nas pequenas cidades Brasil afora, quase todos os que trabalham como autônomos, são micro empreendedores individuais constituindo-se numa rede gigantesca de produção. 

Sem amparo do governo municipal, estadual e federal, com a crise fabricada pelos políticos para se beneficiarem com o COVID-19, os MEI foram literalmente esquecidos. Foram lembrados para receberem a ordem de ficar em casa, literalmente sem nenhum tipo de renda e apoio. 

Foram enganados 

Com a onda crescente da suposta “pandemia” COVID-19, o governo federal num gesto de pura propaganda nazista afirmou que a CEF-Caixa Econômica Federal abriria crédito para o MEI poder manter as suas atividades: Pura mentira e ninguém consegue sequer se inscrever, imagine ser atendido ou ter algum recurso liberado. 

Auxílio Emergencial para MEI 

Outra mentira e propaganda nazista liberada pelo governo federal seria que o MEI teria a ajuda de R$ 600 para equilibrar o orçamento enquanto durasse a pandemia. Não se conhece nenhum MEI em todo o NO/NE que tenha conseguido receber o famigerado auxilio emergencial. 

Nova onda de propaganda nazista 

Em virtude do isolamento social para conter o avanço da Covid-19, muitos dos 10 milhões de MEI precisaram paralisar temporariamente suas atividades. De acordo com pesquisa do maior cabide de emprego federal, o Sebrae, 58% tiveram que suspender suas vendas durante a pandemia e 31% mudou a forma de funcionamento. 

Para continuar enganando e mantendo a propaganda nazista do governo federal o cabide de emprego lançou mais um método fascista de engodo, uma suposta plataforma e ambiente online do MEI que supostamente trará ferramentas para que a categoria possa se reinventar e continuar em operação, por meio de “mudanças estratégicas e planejadas”. 

Ainda segundo os nazi fascista do SEBRAE serão ofertados cursos online gratuitos, consultorias especializadas online, atendimentos via chat e e-mail, divulgação de cases de sucesso na crise, dicas de remodelagem de negócios, de renegociação de dívidas, de como buscar crédito, como mudar o foco do negócio, entre outras. Não esqueça que nada disso funciona. 

Lembrando 

Todo MEI é obrigado a ter um CNPJ, que por sua vez é vinculado ao CPF e é obrigatório o recolhimento ao INSS de valores que variam entre R$ 60 e R$ 600 por mês. A estratégia lançada pelo cabide SEBRAE não passa de mais uma forma de obrigar que os desavisados MEI continuem tirando do sustento da sua família e dê o dinheiro ao governo federal, via INSS. 

E você vai continuar acreditando na propaganda nazista do governo federal? Vai continuar ajudando a sustentar milhões de mulheres parideiras do Bolsa Família – elas procriam dois filhos por ano para receber por cabeça – e continuar alimentando a miséria no país? 

Você que é MEI vai continuar suando a camisa para alimentar com seu sangue milhões de sanguessugas do BF? Anule seu CNPJ e volte a trabalhar normal e informalmente. 


Foto ::: Ilustrativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->