Secretaria inicia nova etapa de distribuição de cestas básicas para estudantes da rede pública de Salvador; veja programação - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

4 de maio de 2020

Secretaria inicia nova etapa de distribuição de cestas básicas para estudantes da rede pública de Salvador; veja programação




Vão ser distribuídas 163 mil unidades, que abrangem os estudantes das escolas municipais, creches comunitárias conveniadas e os matriculados na rede privada através do Pé na Escola.



A Secretaria de Educação de Salvador iniciou, nesta segunda-feira (4), mais uma etapa da entrega de cestas básicas na capital baiana. Segundo a secretaria, vão ser distribuídas, aproximadamente, 163 mil unidades, que abrangem os estudantes das escolas municipais, das creches comunitárias conveniadas e os matriculados na rede privada através do Pé na Escola.

Cada aluno de escolas do município ou conveniadas tem direito a uma cesta básica. A medida se deve à suspensão das aulas em razão da pandemia do coronavírus e a consequente interrupção da distribuição da merenda escolar.

Até a próxima sexta-feira, a distribuição das cestas básicas será feita nas escolas e creches localizadas na área de abrangência das gerências regionais de Educação (GREs) de São Caetano e Liberdade/Cidade Baixa. Veja as datas das distribuições:

  • 4 a 8 de maio: gerências regionais de Educação (GREs) de São Caetano e Liberdade/Cidade Baixa;
  • 11 a 15 de maio: unidades das GREs Centro, Subúrbio II e Cajazeiras;
  • 18 a 22 de maio: gerências regionais Orla, Pirajá e Itapuã;
  • 25 a 29 de maio: GREs Cabula e Subúrbio I, bem como para os alunos do Pé na Escola.

A Secretaria de Educação disponibilizou, através do seu site, um cronograma com todas as unidades abrangidas e os telefones de contato. O órgão orienta aos pais dos estudantes que, em caso de dúvidas, entrem em contato com as escolas. A secretaria afirma ainda que as creches comunitárias conveniadas seguirão o cronograma das GREs.

Além das cestas básicas, os estudantes também recebem atividades semanais que deverão ser feitas em casa e devolvidas preenchidas. A Secretaria de Educação explica que os materiais vão compor um portfólio que servirá de base de dados para mensurar o nível de aprendizado dos alunos e de elaboração de estratégias pedagógicas para o ensino pós-pandemia.



Foto: Bruno Concha / Secom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->