Suspeito de participar de ataques criminosos no Estado é preso pela Polícia Civil do CE - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

1 de maio de 2020

Suspeito de participar de ataques criminosos no Estado é preso pela Polícia Civil do CE



Uma das ações criminosas que contaram com a participação do 'Irmão 37' foi um incêndio a veículos de uma concessionária localizada na Avenida Santos Dumont, em Fortaleza.





A Divisão de Combate ao Trafico de Drogas (DCTD), da Polícia Civil, prendeu, na última quinta-feira (30), José Mário Acelino de Lima, conhecido como 'Irmão 37', de 24 anos, suspeito de integrar a facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) e participar de ataques contra bens públicos e privados, no Ceará, em setembro do ano passado.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), uma das ações criminosas que contaram com a participação do 'Irmão 37' foi um incêndio a veículos de uma concessionária localizada na Avenida Santos Dumont, em Fortaleza. Ele atuaria junto de um dos líderes da GDE, Ednal Braz da Silva, o 'Siciliano', 46, encontrado pelas autoridades cearenses ainda em setembro do ano passado.

O suspeito estava com um mandado de prisão preventiva em aberto e foi abordado por uma equipe da DCTD na Avenida Trajano de Medeiros, bairro Vicente Pinzon, na Capital, na tarde da última quinta-feira (30). Em seguida, ele foi levado para a sede da Divisão, no Bairro de Fátima.

Prisões de membros da facção

A SSPDS divulgou que essa é a segunda prisão, em quatro dias, de um membro da mesma organização criminosa que a Polícia Civil do Ceará cumpre mandado referente à investigação que apura a participação de suspeitos de ordenar e praticar ataques criminosos.

Maxsuel dos Santos, 22, com antecedentes criminais por tráfico de drogas e crime contra a paz pública, foi recapturado pela Delegacia Municipal de Barbalha, na última segunda-feira (27). Ele estava na casa de familiares no bairro Sítio Barro Branco, em Barbalha.

A pasta divulgou ainda que seis líderes da GDE ligados aos ataques criminosos ocorridos em 2019 já foram presos: Marcos André Silva Ferreira, o 'Branquinho', 24; Yago Steferson Alves dos Santos, o 'Yago Gordão', 26; Francisco de Assis Fernandes da Silva, o 'Barrinha', 43; e Francisco Tiago Alves do Nascimento, o 'Tiago Magão', 33, foram detidos pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco).

Já Deijair de Souza Silva, o 'De Deus', foi detido pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), e 'Siciliano', pela Polícia Federal (PF).




Foto: Arquivo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->