Universidade Federal de Sergipe suspende atividades acadêmicas presenciais até 30 de junho - Observador Independente

Acontecendo

28 de maio de 2020

Universidade Federal de Sergipe suspende atividades acadêmicas presenciais até 30 de junho



Medida leva em conta decretos estaduais, evolução do quadro da pandemia e situação epidemiológica e sanitária de Sergipe.



Considerando a situação de emergência em saúde pública devido à Covid-19 e os últimos decretos estaduais a respeito do tema, a Universidade Federal de Sergipe prorrogou até 30 de junho os efeitos de portaria anterior que suspendeu as atividades acadêmicas presenciais e deu outras providências quanto ao enfrentamento do novo coronavírus.

A prorrogação, que se deu por meio da Portaria 414/2020/GR, publicada na última quarta-feira, 27, e abrange o Colégio de Aplicação e os cursos de graduação e pós-graduação stricto sensu e lato sensu dos seis campi da instituição.

Calendário acadêmico

Os calendários acadêmicos sofrerão os ajustes necessários em conformidade com o replanejamento das unidades ou após o término da situação de emergência de saúde pública por causa da pandemia.

O pró-reitor de Graduação, Dilton Maynard, explica que, “a Prograd está trabalhando com vistas a diminuir, na medida do possível, os impactos que a suspensão das atividades geraram para os alunos. Além de já termos oficializado hoje a possibilidade de colação de grau não presencial, estamos trabalhando com a possibilidade da oferta de um período especial com disciplinas oferecidas remotamente, atendendo a pedidos de docentes e departamentos, e após reuniões com diretores de Centro.”

Comitê

O Comitê de Prevenção e Redução de Riscos frente à infecção pelo Coronavírus da Universidade Federal de Sergipe continua em atividades, buscando monitorar os riscos para a comunidade universitária e possíveis impactos a toda a população, além dos parâmetros estabelecidos pelo Ministério da Saúde e, assim, subsidiar as tomadas de decisões pela gestão e a segurança da comunidade.



Foto :::: Redes Sociais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->