Empresário que tem contratos com 10 prefeituras do Ceará é preso em flagrante por policiais do CPChoque na CE-040 - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

15 de junho de 2020

Empresário que tem contratos com 10 prefeituras do Ceará é preso em flagrante por policiais do CPChoque na CE-040




"Bebeto do Choró" foi autuado em flagrante. Armas foram achadas na Hilux e na fazenda dele.


Policiais militares prenderam em flagrante em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), o empresário Carlos Alberto Queiroz Pereira, de 40 anos, mais conhecido como “Bebeto do Choró”. Ele é dono de uma construtora que possui contrato para prestação dos serviços de transporte escolar da prefeitura de Ibicuitinga, no Sertão Central.

O empresário, dono da M&M Queiroz Construções e Serviços Limitada, foi detido por policiais da 1º Companhia do 4º Batalhão de Choque do Ceará (Batalhão de Comando Tático Rural/Cotar), junto com mais dois homens, identificados como José Clóvis de Souza, 54 anos; e Francisco Lázaro Rios Telez, 36 anos. Todos foram autuados por porte ilegal de armas de fogo.

“Bebeto do Choró” também possui contratos com as prefeituras de Quixeramobim, Itaitinga, Cascavel, Aracati, Paracuru, Canindé, Aracoiaba, Trairi, Beberibe e Caridade. Os dados são do Tribunal de Contas do Estado.

Conforme a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE), a Polícia Militar recebeu informações de que na rodovia CE-040 trafegava no sentido de Fortaleza uma Hilux de cor branca, com indivíduos suspeitos. Imediatamente a equipe fez diligências nas proximidades do local indicado e identificou o veículo. Foi realizada uma abordagem e dentro da caminhonete, encontrados uma pistola de calibre Ponto 40 e um revólver calibre 38, ambos com a numeração raspada.

Armas na fazenda


Após identificar os proprietários das armas, os policiais militares perguntaram de onde eles vinham e os suspeitos repassaram o endereço. A equipe policial foi checar a veracidade da informação. Tratava-se de uma fazenda habitada por apenas por um caseiro. O funcionário revelou aos PMs que outras armas de fogo havia na residência, (duas espingardas calibre 12 e um revólver38), que pertenciam ao proprietário da fazenda, “Bebeto do Choró”.

As armas foram apreendidas, juntamente com as munições, e foi dada voz de prisão aos suspeitos. Todos foram conduzidos para a Delegacia Metropolitana do Eusébio (DME) e autuados nos artigos 14 e 16 do Estatuto do Desarmamento.

Atentado e linchamento

No dia 30 de setembro de 2018, “Bebeto do Choró” sofreu um atentado. Recebeu, ao menos, três tiros no tórax, braço e perna, e foi encaminhado ao Hospital de Canindé. O crime aconteceu no Município de Choró, no Sertão Central (a 151Km de Fortaleza), terra natal do empresário, no momento em que acontecia uma corrida de cavalos na localidade de Feijão, Distrito de Caiçarinha, na zona rural.

Um pistoleiro foi contratado para matar o empresário. No entanto, após atirar contra “Bebeto”, o suspeito tentou fugir, mas foi perseguido por populares e espancado até a morte. O crime de linchamento foi filmado. Nas imagens apareceram diversas pessoas se revezando, atingindo o pistoleiro com chutes, pauladas e pedradas, até matá-lo. Ele foi identificado como Erilson Santos. Na época, o mandante do crime não teve a identidade revelada.



Fotos ::: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->