Grupo que tirava "Coronavoucher" no lugar de beneficiários é identificado pela Polícia Federal - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

10 de junho de 2020

Grupo que tirava "Coronavoucher" no lugar de beneficiários é identificado pela Polícia Federal




A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (10/6) a Operação Covideiros, que investiga fraudes relativas ao auxílio emergencial concedido pelo Governo Federal. Um grupo teria clonado cartões de beneficiários em lotéricas do Ceará e utilizado esses dados para sacar o valor em São Paulo. 

Segundo a Agência Brasil, o grupo alterava a senha original do beneficiário em casas lotéricas localizadas na zona leste de São Paulo, o que mostra que funcionários estavam envolvidos. As movimentações de saque eram feitas fora de horário de pico de atendimento, para evitar suspeitas.

A PF informou que esses trabalhadores estariam recebendo instruções remotas dos líderes do grupo. Em troca, os empregados recebem parte dos lucros gerados com as fraudes.

Na operação, oito mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos, sendo cinco em São Paulo e outros três nos municípios cearenses de Morrinho, Quixeré e Russas. Também são cumpridos dois mandados de prisão temporária, todos em São Paulo. 

Os investigados irão responder por furto qualificado e associação criminosa, podendo pegar até 11 anos de prisão. O nome da operação foi escolhido em referência ao modo como os fraudadores têm sido chamados pelos órgãos penais.



Crédito da Foto: arquivo/Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->