IPCA de maio foi de -0,50% em Aracaju - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

14 de junho de 2020

IPCA de maio foi de -0,50% em Aracaju



Variação foi de 0,34%. Os dados foram divulgados pelo IBGE e analisados pelo Observatório de Sergipe.



A inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de maio, em Aracaju, foi de -0,50%, frente ao resultado registrado em abril, de 0,15%. No acumulado do ano, a inflação pontuou 1,11%. Já nos últimos 12 meses, acumulou 1,98%. Em maio do ano anterior, a variação foi de 0,34%. Os dados foram divulgados pelo IBGE e analisados pelo Observatório de Sergipe.

No mês de maio, todas as regiões metropolitanas e capitais pesquisadas registraram deflação. Os menores índices foram observados em Belo Horizonte (-0,60%), Campo Grande (-0,57%), Curitiba (-0,57%), Fortaleza (-0,52%) e Aracaju (-0,50%). Gasolina, tomate e passagem aérea foram os que mais contribuíram para a deflação.

Dos nove grupos pesquisados, cinco apresentaram deflação em maio, com redução nos preços da passagem aérea (-19,20%), do óleo diesel (-8,34%) e da gasolina (-6,75%). O grupo “transporte” foi o que registrou a maior queda (-2,30%).

A segunda maior variação negativa ficou com “vestuário” (-1,29%), decorrente, principalmente, da queda no preço de calçados e acessórios (-2,34%) e roupa feminina (-2,30%).

O terceiro grupo com maior deflação foi “saúde e cuidados pessoais” (-0,27%), pressionado, sobretudo, pelo barateamento dos produtos de higiene pessoal (-0,91%), serviços médicos (-0,55%) e medicamentos (-0,53%).

Vale salientar que, dentre os itens com redução de preços no mês, gasolina, tomate e passagem aérea foram os que mais contribuíram para o resultado do IPCA, uma vez que possuem pesos significativos nas despesas das famílias.

INPC

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que tem por objetivo a correção do poder de compra dos salários, em Aracaju, registrou variação de -0,35% no mês de maio, resultado frente ao registrado em abril, de 0,20%.



Foto ::: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->