Mais 20 respiradores reforçam atendimento a pacientes vítimas da covid-19 em Sergipe - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

7 de junho de 2020

Mais 20 respiradores reforçam atendimento a pacientes vítimas da covid-19 em Sergipe



Ao todo Sergipe já recebeu do governo Federal 55 respiradores fixos e 15 portáteis.



A rede pública de saúde de Sergipe ganhou o reforço de mais 20 respiradores pulmonares. O estado já recebeu do governo Federal 55 respiradores fixos e 15 portáteis. A Secretaria de Estado da Saúde definirá quais unidades hospitalares receberão os aparelhos, que são essenciais no tratamento de casos mais graves de Covid-19.

Segundo último Boletim Epidemiológico, divulgado ontem (04), foram registrados 215 novos casos de coronavírus e mais seis mortes. Sergipe passa a ter 8.200 pessoas infectadas e 186 óbitos.

Até o momento, Sergipe conta com 200 leitos de UTI exclusivos para pacientes com a Covid-19. Desses 120 são leitos SUS e 80 disponibilizados via rede privada. Nos últimos dias, foram abertos pelo governo do Estado mais 39 leitos de UTI, sendo 6 leitos no Hospital da Polícia Militar, 5 leitos no Hospital do Coração, 18 leitos no Hospital Renascença e 10 leitos no Hospital Nossa em Nossa Senhora da Conceição, em Lagarto. 

Dentro da programação do governo do Estado, há a perspectiva de ampliação até o dia 15. “Há previsão de mais 6 leitos no Hospital São José. Na próxima semana, nós teremos uma previsão de 20 leitos no HRAM e mais 8 leitos no Hospital Jessé. Ainda há possibilidade de no dia 15, termos mais 20 leitos no Hospital Universitário de Lagarto. Portanto, nós teríamos 93 leitos de UTI num espaço de tempo de 15 a 20 dias”, destacou o governador Belivaldo Chagas. 

Para o final do mês junho, o Estado trabalha com a previsão de disponibilizar mais 17 leitos, no Hospital Regional de Glória e na Maternidade Hildete Falcão. “A gente também vai ter leito de UTI lá. Então a gente trabalha com a perspectiva de chegarmos a 271 leitos (rede pública e privada) no estado na sua totalidade, dentro de tudo que vem sendo planejado”, revelou a secretária de Estado da Saúde, Mércia Feitosa.



Texto e foto ::: Ascom SE / Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->